Meteorologia

  • 18 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Crescimento económico da Alemanha cai para 0,5% em 2019

O Governo alemão reviu hoje em baixa a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2019, que estabeleceu agora em 0,5%, contra 1% anteriormente e que também já tinha sido revisto.

Crescimento económico da Alemanha cai para 0,5% em 2019
Notícias ao Minuto

12:27 - 17/04/19 por Lusa

Economia Governo

O ministro da Economia alemão, Peter Altmaier, disse que a economia alemã recuperará dinamismo em 2020 e explicou que a revisão em baixa da previsão para 2019 se justifica pela insegurança resultante do 'Brexit' e das tensões comerciais internacionais.

Altmaier adiantou na apresentação das perspetivas económicas de primavera do Governo que apesar da redução da previsão para este ano, "a boa notícia é que a Alemanha voltará a superar esta fase de debilidade" depois do atual exercício.

Em 2020 o Governo alemão espera que a conjuntura seja mais favorável e prevê que o crescimento do PIB recupere para 1,5% e Altmaier avançou que o executivo já investe em níveis máximos em infraestruturas, educação e investigação e que também apostou nas "tecnologias de futuro", como a inteligência artificial.

Contudo, reconheceu que a fase de arrefecimento atual tem que ser um "alerta" e que já se está a trabalhar para melhorar as condições de competitividade e de fiscalidade para as empresas, com o objetivo de conseguir que as contribuições para a segurança social se situem a longo prazo abaixo de 40%.

A revisão para metade das perspetivas de crescimento da economia alemã surge depois de outras decisões similares tomadas tanto pelo Governo como por institutos económicos e especialistas que assessoram Berlim.

Assim, em 30 de janeiro o Governo admitiu que tinha que cortar a previsão para 2019 de 1,8% para 1% e já naquela altura o próprio Altmaier se referiu ao impacto esperado pela incerteza do 'Brexit' e da conjuntura internacional.

Mais recentemente, no início de abril, as incertezas de caráter político foram sublinhadas pelos principais centros de estudos do país, que avançaram com uma estimativa de crescimento do PIB alemão de apenas 0,8%.

Esta percentagem é mesma que a adiantada pelo conselho assessor do Governo federal, denominado "cinco sábios", que em 19 de março reduziu em sete décimas a anterior estimativa realizada em novembro.

Contudo, os "cinco sábios" indicaram que, em contraste com as incertezas internacionais, a situação interna da Alemanha é boa e que se baseia num mercado laboral muito sólido, com um bom comportamento dos salários, do consumo privado, da construção e dos gastos públicos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório