Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Vai de férias na Páscoa? Saiba como evitar burlas com as casas

DECO dá várias dicas para ter em atenção quando procura imóveis para férias.

Vai de férias na Páscoa? Saiba como evitar burlas com as casas
Notícias ao Minuto

07:17 - 13/04/19 por Natacha Nunes Costa 

Economia Dicas

Com a aproximação da Páscoa e de um fim de semana prolongado são muitos os portugueses que procuram casa para umas mini-férias. Se é o seu caso, para evitar dissabores, há alguns cuidados que deve ter em conta na altura de alugar um imóvel. A Associação de Defesa do Consumidor - DECO reuniu, na sua página de internet, alguns conselhos que deve mesmo seguir para não ser vítima de nenhuma burla.

Uma das recomendações é recorrer a um imóvel no qual já tenha passado férias ou a contactos de uma pessoa amiga ou conhecida. Se não for possível fazê-lo dessa forma, verifique no anúncio o registo Alojamento Local (AL) e, de seguida, confirme-o no site do turismo de Portugal. Assim, ficará a saber a localização da casa, quem é o seu titular e os respetivos elementos de identificação (contribuinte, telefone e email). Se não tiver a validação do perfil de utilizador, a DECO recomenda que não avance para o pagamento de qualquer reserva, nem dê autorização para pagamentos através do cartão de crédito.

A DECO sugere ainda que evite precipitações, sobretudo na altura de pagar e que desconfie sempre que as ofertas sejam demasiado baratas. Nestes casos, se a oferta for realmente apetecível, deve comparar com anúncios idênticos no mesmo local. Caso continue com suspeitas, é aconselhável visitar a casa. Se notar alguma resistência por parte do proprietário, ou se este argumentar que reside no estrangeiro, o melhor é mesmo pensar duas vezes antes de efetuar a reserva.

Antes de pagar, a DECO aconselha que confirme se há anúncios semelhantes na internet ou se há denúncias de burlas com aquele anúncio. Para verificar a veracidade do anunciado, peça mais fotos do interior da habitação e pergunte sobre os equipamentos ou serviços associados ao arrendamento. Confirme ainda se a identidade do titular da conta bancária onde lhe foi pedido para depositar o dinheiro coincide com a do anunciante.

Se contactar o anunciante via email, peça o número de telemóvel e verifique se este se mantém ativo desde o primeiro contacto. Pode ainda, por exemplo, simular uma nova chamada a reservar o imóvel para o mesmo período e confirmar se este continua disponível.

Se o anunciante solicitar algum pagamento através de cheque, dinheiro ou recurso a serviços de transferência de dinheiro, desconfie.

Por último, a DECO recomenda que se alguma coisa correr mal denuncie no livro de reclamações, que tem de estar obrigatoriamente presente no espaço.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório