Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

EDP mantém-se como principal operador, mas está a perder quota de mercado

Elétrica mantém-se na liderança com uma quota de 81% dos clientes do mercado livre.

EDP mantém-se como principal operador, mas está a perder quota de mercado

A EDP - Energias de Portugal manteve-se como principal operador de mercado em janeiro deste ano, mas continuou a perder quota no número de clientes, de acordo com os dados divulgados, esta quarta-feira, pelo regulador da energia. 

"Em janeiro de 2019, a EDP Comercial manteve a sua posição como o principal operador no mercado livre em número de clientes (cerca de 81% do total de clientes no ML) e em consumo (cerca de 42% dos fornecimentos no ML). Face a dezembro, a sua quota diminuiu 0,2 p.p. em número de clientes e 0,1 p.p. em termos de consumo", pode ler-se no relatório.

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), a Endesa e a Iberdrola viram as suas quotas aumentar, 0,1 p.p. e 0,2 p.p., respetivamente, no arranque do ano, em número de clientes. Já as restantes operadoras mantiveram "sensivelmente" as suas quotas. A Galp com 5,1%, a Goldenergy com 1,7%, a GN Fenosa com 0,6% e a PH com 0,2%.

No que diz respeito aos consumos, a líder continua a ser a EDP Comercial, com uma quota de 42%, seguida pela  Iberdrola (17,1%), a Endesa (16,9%), a Fortia (3,4%) e a Acciona (2,1%), segundo a ERSE. 

Mercado livre com 5,1 milhões de clientes

No arranque deste ano, o mercado livre de energia registou 5,1 milhões de clientes, "com um decréscimo líquido de cerca de 9,5 mil clientes face a dezembro de 2018", tendo representado 94% do consumo total que foi feito em Portugal Continental em janeiro.  

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório