Meteorologia

  • 19 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

Paulo Macedo diz que CGD aufere menos de comissões hoje do que em 2015

O presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD), Paulo Macedo, disse hoje, em Vila Real, que o banco público "aufere menos" de comissões atualmente do que auferia em 2015.

Paulo Macedo diz que CGD aufere menos de comissões hoje do que em 2015
Notícias ao Minuto

21:19 - 26/03/19 por Lusa

Economia Banca

"A Caixa aufere menos de comissões hoje do que auferia em 2015. (...) O que toda a gente sabe é que há um comparador do Banco de Portugal onde nós aparecemos com as comissões mais baixas de todas", afirmou Paulo Macedo, em resposta a uma pergunta dos jornalistas sobre as comissões cobradas pelo banco público.

O gestor acrescentou ainda que os proveitos de comissões da CGD "são cerca de 50% a 30% inferiores aos dos outros bancos". "São tudo estatísticas publicadas", ressalvou.

Paulo Macedo falava em Vila Real, no final de mais um dos "Encontros Fora da Caixa", uma iniciativa que arrancou há dois anos e percorreu as capitais de distrito.

O presidente da CGD fez um balanço "muito positivo" deste ciclo de encontros, que terminou hoje em Vila Real, e referiu que a iniciativa permitiu "ouvir e saber o que se passa, de forma específica e concreta, nas diferentes regiões".

Em Vila Real, o tema em debate foi "como potenciar o Interior norte do país" e teve como objetivo encontrar medidas, em conjunto com vários parceiros, para reforçar o potencial da região.

Em simultâneo com os encontros, a administração da Caixa aproveitou a deslocação para conhecer as agências locais, falar com os gerentes e gestores de clientes.

Paulo Macedo referiu que os empresários "investem se tiverem oportunidades" e apontou que, neste momento, "o custo do financiamento é de facto muito baixo e é um fator competitivo".

"Quando há esta taxa de juro mais baixa e esta previsão de que a mesma se mantenha baixa por uns anos, o que sabemos é que há mais possibilidades de concretizar investimentos que noutra conjuntura não seriam suficientemente rentáveis", frisou.

O gestor disse ainda que a CGD "é líder de mercado" em Vila Real e acrescentou que o banco quer "ter mais penetração nas pequenas e médias empresas".

"É essa a nossa aposta e é por isso que mantemos o gabinete de empresas em Vila Real, como aliás mantivemos todos os gabinetes de empresas em todo o país. Portanto, não encerrámos uma única área de apoio às empresas e queremos estar ao lado dos clientes que querem investir", frisou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório