Meteorologia

  • 25 MARçO 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Lucros do grupo Lufthansa desceram 8% em 2018

A Lufthansa anunciou hoje uma queda de 8% nos lucros de 2018, face a 2017, devido ao aumento do custo do combustível, perdas da Eurowings com a integração da Air Berlin e indemnizações por atrasos e cancelamentos.

Lucros do grupo Lufthansa desceram 8% em 2018
Notícias ao Minuto

13:42 - 14/03/19 por Lusa

Economia aviação

O resultado líquido do ano passado caiu para 2.163 milhões de euros, enquanto o resultado operacional baixou 10%, para 2.974 milhões de euros e a faturação subiu 6% para 35.844 milhões de euros.

A dívida financeira do grupo aumentou 21% no ano passado, para 3.500 milhões de euros, em comparação com 2.900 milhões de euros em 2017.

O grupo de companhias aéreas Lufthansa investiu 3,8 mil milhões de euros em 2018, uma grande parte desse montante em novas aeronaves que consomem menos combustível.

As companhias aéreas da Lufthansa transportaram mais 3,4% de passageiros nos dois primeiros meses deste ano, do que em igual período de 2018, num total de 18 milhões de pessoas, segundo dados do grupo alemão.

Em fevereiro, o maior crescimento de passageiros aconteceu nos aeroportos de Viena (8%) e de Zurique (4,8%), enquanto no aeroporto de Munique foi de 1,3% e no de Frankfurt 0,9%.

O grupo, citado pela agência de noticias espanhola Efe, revelou que o número de voos aumentou 4% em janeiro e fevereiro, para 167.366 voos.

A frota de aeronaves das companhias aéreas da Lufthansa aumentou em 35 aeronaves, para 763 no final de 2018.

Na quarta-feira, a Lufthansa anunciou a compra de 40 novas aeronaves Boeing e Airbus de longa distância, que serão entregues entre 2022 e 2027 e substituirão a frota atual.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório