Meteorologia

  • 19 ABRIL 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 14º

Edição

"Nuvens maiores do que as que tivemos é impossível", diz Mexia

O presidente da EDP, António Mexia, afirmou hoje, em Londres, que a elétrica teve que enfrentar nuvens muito carregadas no passado, mas garantiu que estão a desparecer e "o céu está a ficar azul".

"Nuvens maiores do que as que tivemos é impossível", diz Mexia
Notícias ao Minuto

12:12 - 12/03/19 por Lusa

Economia Empresas

"Nuvens maiores do que as que tivemos é impossível", declarou o presidente executivo da EDP, quando foi questionado sobre a possibilidade da elétrica alterar o compromisso de remuneração acionista se 'as nuvens' voltarem a afetar a atividade da empresa.

Na apresentação do plano estratégico a analistas e investidores em Londres, António Mexia mostrou-se confiante no futuro da companhia, fazendo alusão ao céu estar a ficar azul, depois de as "nuvens regulatórias" desaparecerem.

António Mexia recordou que a proposta de dividendos não foi alterada "mesmo quando as nuvens estavam lá" e, por isso, não será agora que a EDP mudará a política de remuneração aos acionistas.

Nos próximos quatro anos (2019-2022), a empresa estima distribuir 3.000 milhões de euros aos acionistas, segundo o plano estratégico hoje divulgado em Londres.

António Mexia realçou o facto de a empresa ter optado por ter feito já este ano a provisão da totalidade dos 285 milhões de euros reclamados pelo Estado por alegada sobrecompensação dos Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC), processo que a empresa está a contestar na Justiça.

A EDP pretende investir 2.900 milhões de euros por ano até 2022, o que representa um reforço de cerca de 60% face ao plano de investimento anterior.

De acordo ao plano estratégico enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa refere que 75% do investimento previsto para os próximos quatros anos será em energias renováveis.

Os Estados Unidos serão o principal destino do investimento (40%), seguido pela Europa (35%) e Brasil (25%).

No último quadro de investimento (2016-2010), a EDP estimou um investimento médio anual de 1.800 milhões de euros, que deverá subir para 2.900 milhões, segundo o plano que está a ser apresentado aos investidores e analistas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório