Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 20º

Edição

Google indemniza empregados homens porque ganhavam menos do que mulheres

Estudo interno realizado pela tecnológica surpreendeu ao revelar uma diferença salarial favorável às mulheres numa categoria de programadores.

Google indemniza empregados homens porque ganhavam menos do que mulheres

O estudo anual levado a cabo pela Google sobre os salários pagos aos funcionários - para eliminar possíveis disparidades de género - revelou que a tecnológica estava a pagar menos aos homens do que às mulheres pelo mesmo trabalho. Agora, a Google vai compensar milhares de trabalhadores do sexo masculino que foram afetados por esta discriminação, avança o El País

"A remuneração deve ser baseada naquilo que tu fazes e não naquilo que tu és", disse Lauren Barbato, responsável pela análise da igualdade salarial na Google. 

De acordo com a mesma publicação, a Google tem um algoritmo que permite calcular, de forma automática, a remuneração com base no trabalho que o funcionário realiza, no local onde trabalha, na sua posição e desempenho. 

Se, por algum motivo, a empresa desejar atualizar o salário "deve facilitar um argumento claro", disse Barbato. 

A Alphabet, que é a empresa-mãe da Google, contava com quase 99 mil funcionários da reta final do ano passado. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório