Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Défice comercial dos EUA em 2018 foi o mais alto dos últimos dez anos

O défice comercial dos Estados Unidos subiu para o nível mais alto dos últimos dez anos, apesar da política protecionista do Presidente, Donald Trump, anunciou hoje o departamento do Comércio norte-americano.

Défice comercial dos EUA em 2018 foi o mais alto dos últimos dez anos
Notícias ao Minuto

14:15 - 06/03/19 por Lusa

Economia Dados

As importações norte-americanas provenientes da China, México e União Europeia atingiram valores máximos de sempre.

O défice de bens e serviços atingiu 621 mil milhões de dólares em 2018, mais 12,5% do que em 2017, com as exportações a atingirem um máximo de 2,5 biliões de dólares, mais 6,3%, e as importações também a subirem para o máximo de 3,121 biliões de dólares, mais 7,5%, segundo os dados hoje divulgados com um mês de atraso devido ao 'shutdown'.

Sem o excedente das trocas de serviços (270,2 mil milhões de dólares), o défice comercial atinge mesmo 891,3 mil milhões de dólares, mais 10,4% e também um recorde absoluto.

Só no mês de dezembro, o saldo negativo da balança de bens e serviços subiu até 59.800 milhões de dólares, impulsionado pelo auge das importações e pela queda das exportações, mais 18,8%, superior às previsões dos analistas que apontavam para um valor próximo de 57,8 mil milhões de dólares.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou uma guerra comercial contra os principais parceiros do país para reduzir os desequilíbrios das trocas.

Em 2018, a administração Trump impôs - em seis ocasiões diferentes - tarifas adicionais de 10% para 50% sobre o equivalente a 283 mil milhões de importações norte-americanas.

Os parceiros comerciais dos Estados Unidos, em particular a China, replicaram com a imposição de tarifas de 16% em média sobre cerca de 121 mil milhões de dólares de exportações norte-americanas.

Esta guerra comercial não foi inócua para a economia chinesa, que recuou em 2018 para o crescimento mais baixo dos últimos 28 anos. O crescimento mundial no ano passado também foi menos forte do que o previsto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório