Meteorologia

  • 20 ABRIL 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

Grupo francês assina acordo com saudita para empresa de defesa naval

As Indústrias Militares do Estado da Arábia Saudita (Sami) e o grupo industrial francês Naval Group assinaram um protocolo que tem por objetivo criar uma empresa conjunta para produzir, na Arábia Saudita, sistemas navais, segundo comunicado divulgado pela Sami.

Grupo francês assina acordo com saudita para empresa de defesa naval
Notícias ao Minuto

20:56 - 17/02/19 por Lusa

Economia Sami

O protocolo de acordo foi concluído à margem de um salão internacional de Defesa (Idex) que se realiza todos os anos em Abu Dhabi. Questionado pela AFP, um representante do Naval Group no salão recusou-se a comentar a informação.

Do lado dos sauditas, insiste-se sobre o objetivo de "localizar as competências e as capacidades industriais", assim como sobre a criação de empregos "altamente qualificados".

O texto não menciona o tipo de navios e equipamentos suscetíveis de serem construídos no reino saudita pela sociedade conjunta.

Isto estará "à cabeça dos programas das Forças navais reais sauditas" e dar resposta "às necessidades existentes e futuras", indica simplesmente o comunicado.

Segundo o patrão da Sami, Andreas Schwer, citado no comunicado, o protocolo de acordo com o Naval Group cria as fundações duma "parceria estratégica" que permitirá ao reino saudita ser mais autónomo em matéria de defesa naval.

As ONG e os parlamentares franceses apelaram sucessivamente à suspensão dos fornecimentos militares à Arábia Saudita em resposta à sua intervenção no Yémen e ao assassinato em outubro, pelos agentes sauditas, do editorialista Jamal Khashoggi.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório