Meteorologia

  • 25 MARçO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

Wall Street fecha em alta mas analistas deixam aviso para o futuro

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em alta.

Wall Street fecha em alta mas analistas deixam aviso para o futuro
Notícias ao Minuto

23:07 - 05/02/19 por Lusa

Economia Bolsa

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em alta, graças em particular ao desempenho das empresas tecnológicas e aos resultados divulgados que colocaram os investidores na disposição de comprar.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o Dow Jones Industrial Average valorizou 0,7%, para os 25.411,52 pontos.

Ganho igual foi o apresentado pelo tecnológico Nasdaq, que fechou nas 7.402,08 unidades.

Já o alargado S&P500 terminou com um avanço de 0,5%, nos 2.737,70 pontos, o que também representou um quinto fecho consecutivo com ganhos.

As ações das empresas tecnológicas, que muito têm puxado o mercado para baixo nos últimos meses, representaram hoje muita da valorização bolsista, ao contrário dos títulos do setor financeiro.

Os investidores acolheram com satisfação o último conjunto de resultados empresariais, relativos ao último trimestre de 2018, incluindo os retalhistas de luxo Ralph Lauren e Esteé Lauder e as empresas de entretenimento Viacom e Walt Disney.

Com metade das integrantes do S&P500 a terem já divulgado os seus resultados, as previsões dos analistas foram, no essencial, correspondidas. Mas os investidores esperam que o crescimento apresentado deva diminuir nos próximos meses.

"As grandes empresas divulgaram hoje alguns resultados mesmo muito bons", afirmou Lindsey Bell, analista de investimentos na CFRA.

"Apesar de a época de resultados não ser muito impressionante quando comparada com os últimos quatro trimestres, continua a ser muito decente", adiantou.

Mais de 68% das empresas do S&P500 que apresentaram resultados superaram as expectativas. Estes resultados ajudam a explicar a razão pela qual o mercado bolsista nova-iorquino teve no passado mês de janeiro o melhor desempenho dos últimos 32 anos.

Porém, os analistas têm estado a avisar que os lucros podem diminuir de forma substancial nos próximos meses.

Até agora, as empresas divulgaram lucros com um crescimento médio homólogo de 16,2% no último trimestre de 2018, segundo a informação reunida pelo gabinete de estudos Factset.

Porém, os analistas inquiridos por este esperam que os lucros se reduzam em 1,3% no primeiro trimestre de 2019, após o que devem crescer apenas 1,3% e 2,6% nos segundo e terceiro trimestres, respetivamente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório