Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 16º

EDP fecha acordo para construção de projeto eólico nos EUA

A EDP Renováveis (EDPR) fechou um acordo com a americana Northern Indiana Public Service Company LLC para o desenvolvimento e construção de um projeto eólico de 102 MW (megawatts), anunciou hoje a empresa.

EDP fecha acordo para construção de projeto eólico nos EUA
Notícias ao Minuto

18:09 - 01/02/19 por Lusa

Economia Renováveis

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa, detida a 82,6% pela EDP, explicou que o acordo de 'Build & Transfer' foi concretizado através da sua subsidiária EDP Renewables North America LLC.

"O acordo prevê o desenvolvimento e construção do projeto eólico 'onshore' Rosewater (102 MW) da EDPR, localizado no estado do Indiana. O início das operações está previsto para 2020, altura em que será completado o acordo de 'Build & Transfer'", lê-se na mesma nota.

A EDP referiu ainda que "a conclusão do acordo está sujeita a aprovação regulatória e outras condições habituais em transações desta natureza". Com este novo contrato, a EDPR totaliza 1,1 GW (gigawatts) nos EUA "para projetos a serem instalados em 2019 e 2020", de acordo com a empresa.

Em dezembro, a Mayflower Wind Energy, 'joint venture' entre a EDP Renováveis 'offshore' North America e a Shell New Energies, foi declarada "vencedora provisória" do bloco 0521 no leilão de energia eólica, em Massachusetts, Estados Unidos.

A Mayflower, com uma oferta de 135 milhões de dólares (cerca de 118 milhões de euros) adquiriu o direito exclusivo para desenvolver o "'lease federal'" de energia eólica comercial no Outer Continental Shelf, localizado na costa de Massachusetts.

Em outubro, a EDPR e a norte-americana Walmart fecharam três contratos de compra e venda de energia eólica, que permitirão a construção de três novos parques eólicos de grande escala nos estados do Illinois e do Indiana.

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório