Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Presidente da CGD entrega, em mão, relatório final da auditoria amanhã

O presidente da Caixa Geral de Depósitos, Paulo Macedo, vai entregar amanhã o relatório final da auditoria realizada ao banco público, avança a RTP.

Presidente da CGD entrega, em mão, relatório final da auditoria amanhã
Notícias ao Minuto

10:22 - 31/01/19 por Notícias ao Minuto 

Economia Banca

O presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD), Paulo Macedo, vai entregar amanhã, sexta-feira, o relatório final da auditoria realizada ao banco público pela consultora EY. De acordo com a RTP, Paulo Macedo vai entregar o documento em mão, às 14h30, à presidente da Comissão de Orçamento e Finanças, Teresa Leal Coelho.

Isto acontece após ter sido dada 'luz verde' por parte da Procuradoria-Geral da República, que alegou não ter "nada a opor" quanto ao facto de o documento da auditoria à Caixa Geral de Depósitos ser disponibilizado à Assembleia da República.

Contacta pelo Notícias ao Minuto, fonte da CGD não quis fazer comentários sobre o assunto. 

Ainda assim, saliente-se, Teresa Leal Coelho disse no Parlamento que esperava que o documento fosse entregue na quarta, quinta ou sexta-feira. 

Segundo a agência Lusa, a CGD vai enviar ao parlamento a auditoria feita pela EY após a consultora "expurgar as questões de sigilo bancário".

Na semana passada foi conhecida uma versão preliminar da auditoria da EY, datada de dezembro de 2017 e divulgada por Joana Amaral Dias, em que são apontados problemas de concessão de créditos mal, atribuição de bónus aos gestores com resultados negativos, interferência do Estado e ineficiências na gestão de risco.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório