Meteorologia

  • 25 MARçO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Comunicações. Cliente deve escolher entre fatura eletrónica ou em papel

Associação defende que devem ser os consumidores a escolherem como querem receber as faturas e não as empresas.

Comunicações. Cliente deve escolher entre fatura eletrónica ou em papel
Notícias ao Minuto

08:22 - 15/01/19 por Notícias ao Minuto 

Economia DECO

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) defende que os consumidores devem poder escolher entre receber a fatura de um determinado serviço em papel ou de forma eletrónica. Esta questão surge na senda de a MEO ter começado a cobrar um euro, no ano passado, pelo envio das faturas em papel. 

"Defendemos que a escolha sobre como vai receber as faturas - em papel ou por via eletrónica - deve ser feita pelo consumidor, e não pela empresa. Aliás, é isso que decorre da lei, nomeadamente o Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado", refere a associação em comunicado. 

Isto porque a Lei dos Serviços Públicos Essenciais, em que se inserem as telecomunicações, refere que o cliente tem direito a uma fatura gratuita mensal que especifique os valores associados aos serviços prestados e as respetivas tarifas, esclarece a associação.

"Este direito não pode ser negado pelo prestador de serviços ou pelo cliente. Ou seja, deve ser sempre cumprido", aponta a DECO.

Recorde-se que no ano passado a MEO começou a cobrar um euro pelo envio das faturas em papel, oq ue levou a que a DECO desencadeasse uma ação para ajudar os clientes lesados pela cobrança das faturas. Segundo números da associação, mais de 250 pessoas participaram na iniciativa. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório