Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Ministro lamenta que redução de portagens para empresas pareça "segredo"

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, lamentou hoje que a redução do preço de portagens para empresas pareça "quase um segredo bem guardado" e que, nos últimos dias, só se tenha falado do seu aumento.

Ministro lamenta que redução de portagens para empresas pareça "segredo"
Notícias ao Minuto

16:11 - 02/01/19 por Lusa

Economia Pedro Marques

"Os portugueses ouviram foi falar de aumentos de portagens nalguns troços de autoestradas, mas parece que ficou um segredo bem guardado, apesar de a portaria estar publicada em Diário da República e, por isso, ser pública", afirmou Pedro Marques, em Vouzela, durante a cerimónia de entrega simbólica de chaves de habitações reconstruídas na sequência dos incêndios de outubro de 2017.

O ministro realçou que o Governo procedeu a "uma redução significativa de portagens para as empresas em geral que utilizam as antigas SCUT e, em particular, uma redução muito maior de portagens para as empresas localizadas na baixa densidade".

Antes, no seu discurso, o presidente da Câmara de Vouzela, Rui Ladeira (PSD), tinha pedido a "redução brutal ou abolição das portagens", por exemplo, na autoestrada A25, para atrair famílias e aumentar a competitividade das empresas.

"A questão da atração de investimento para esta região é absolutamente crucial para diversificar a sua base económica", admitiu o ministro.

Para acabar com o "segredo bem guardado", Pedro Marques prometeu regressar daqui a dois dias ao distrito de Viseu "para explicar muito bem, com muito detalhe, essas reduções de portagens para as empresas".

"Para ver se o segredo bem guardado que está em Diário da República deixa de ser um segredo e não se fala só dos aumentos das portagens de zero vírgula não sei o quê previstos na lei, mas se fala das reduções de até 80% das portagens para as empresas localizadas na baixa densidade", frisou.

O ministro disse que explicará "aos utilizadores da A25 como podem beneficiar efetivamente dessa redução significativa das portagens até 80%, nomeadamente para as empresas e para determinadas especificações da utilização do regime de portagens, favorecendo a utilização noturna, favorecendo a mobilidade, mas favorecendo sobretudo a competitividade das empresas" já instaladas na região ou que se instalem futuramente.

No final do ano, a Infraestruturas de Portugal (IP) informou que aumentaria em 22% as portagens da sua rede em 2019, em valores que oscilam entre os cinco e os 25 cêntimos.

"Em consequência da evolução positiva do valor do Índice de Preços ao Consumidor sem Habitação (IPC), nas autoestradas cujo valor de portagem constitui receita da IP, em apenas 111 tarifas praticadas (22% de um total de 500) haverá uma variação das taxas cobradas aos utilizadores, que vigorará a partir do próximo dia 01 de janeiro de 2019", justificou a empresa pública.

Pedro Marques aproveitou a cerimónia em Vouzela para dizer que, em breve, haverá novidades relativamente às obras de requalificação do Itinerário Principal (IP) 3, entre Viseu e Coimbra.

"Espero que, mais cedo do que mais tarde, a região possa ver essa obra a ser contratualizada", acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório