Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Dívida pública atinge novo recorde. Já são 251,5 mil milhões de euros

Em novembro, a dívida pública voltou a subir. Já está num novo recorde.

Dívida pública atinge novo recorde. Já são 251,5 mil milhões de euros

A dívida pública subiu para os 251,5 mil milhões de euros em novembro do ano passado, de acordo com dados divulgados esta quarta-feira pelo Banco de Portugal (BdP). Este valor representa um aumento de 400 milhões face a outubro e estabelece um novo máximo. 

A impulsionar este aumento estiveram os empréstimos e as emissões de obrigações, num mês em que Portugal foi ao mercado financiar-se para pagar o que sobrava da dívida ao Fundo Moterário Internacional (FMI). 

"Em novembro de 2018, a dívida pública situou-se em 251,5 mil milhões de euros, aumentando 0,4 mil milhões de euros relativamente ao final de outubro. Para este aumento contribuíram essencialmente os empréstimos e as emissões de títulos de dívida", pode ler-se num comunicado divulgado pelo supervisor. 

Nesse mesmo mês, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) foi ao mercado emitir 1.250 milhões de euros em dívida, com obrigações a 5 e 10 anos. O objetivo deste financiamento era pagar antecipadamente ao FMI, tal como se veio a concretizar em dezembro. Por este motivo, espera-se que os dados de dezembro venham demonstrar uma redução do valor da dívida. 

Os ativos em depósitos das administrações públicas reduziram 200 milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um acréscimo de 600 milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 225,0 mil milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório