Meteorologia

  • 25 JUNHO 2019
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 25º

Edição

TAP: Ex-VEM atinge lucro operacional de 3 milhões de euros em 2019

O presidente executivo da TAP disse hoje que o negócio da manutenção e engenharia no Brasil, ex-VEM, atingiu o equilíbrio operacional em 2018 e que em 2019 deverá registar um lucro operacional de três milhões de euros.

TAP: Ex-VEM atinge lucro operacional de 3 milhões de euros em 2019

Num almoço com os jornalistas, em Lisboa, Antonoaldo Neves afirmou que "a TAP Manutenção e Engenharia Brasil vai atingir o 'breakeven' este ano" e que para 2019 esperam que registe "um lucro operacional de três milhões".

"A VEM hoje é uma solução para a TAP. Nós já não temos hoje [a fábrica] de Porto Alegre, encerrámos esta operação, e precisamos muito - e valorizamos muito - do trabalho da TAP Manutenção e Engenharia no Galeão [no aeroporto do Rio de Janeiro]. Assinámos um contrato de arrendamento do 'hangar', temos aproximadamente 500 trabalhadores em toda a operação (eram quase 2.000 no final do ano passado) e agora equilibrou a oferta com o procura", afirmou Antonoaldo Neves.

O desempenho da TAP Manutenção e Engenharia, detida pela TAP SGPS, tem sido ao longo dos anos penalizador dos resultados do grupo. Por exemplo, em 2017, quando o Grupo TAP obteve um lucro de 21,2 milhões de euros -- compensado pelo negócio da aviação --, face a um prejuízo de 27,7 milhões registado em 2016, a ex-VEM registou perdas de 50,1 milhões de euros (31,9 milhões de euros no ano anterior).

"Aconteceu uma coisa muito interessante (...): as companhias aéreas aumentaram muito o tamanho dos aviões e o que aconteceu no Brasil é que houve uma diminuição da frota brasileira, com aviões maiores em muitas companhias aéreas. Então, a procura pela manutenção mudou muito nos últimos anos. A capacidade que tínhamos instalado lá era muito maior do que o mercado precisava. Assim, esse ajuste que fizemos [com o encerramento de Porto Alegre] permitiu resgatar a rentabilidade e hoje, por exemplo, em janeiro, fevereiro e março vamos ter quatro aviões da TAP, fazendo longo curso, a fazer lá a manutenção, pois não cabe aqui em Portugal. Não tem espaço [em Portugal]", disse.

Antonoaldo Neves garante, por isso, que hoje a TAP Manutenção e Engenharia Brasil é "um ativo importante".

E, acrescenta. "falamos pouco, mas a TAP Manutenção e Engenharia em Portugal é muito importante para a TAP. Este ano foram 170 milhões de euros em manutenções de motores para companhias aéreas como a KLM, Lufthansa, Blue, AigleAzur", entre outras. Ou seja, para clientes terceiros.

"É um volume de operação enorme, que gera rendimento e trabalho qualificado e isso também foi tudo construído ao longo dos anos na TAP. A TAP Manutenção e Engenharia é hoje muito mais boas notícias. (Agora) é olhar para a frente e vender mais serviços, mais motores", reforçou.

Em 24 de setembro, o antigo presidente executivo da TAP Fernando Pinto, constituído arguido com outros cinco ex gestores na investigação à compra da Varig Engenharia e Manutenção (VEM), assumiu que o negócio "não foi uma aposta boa".

"Os números da aviação são muito grandes. É importante que se ponham as coisas no seu devido lugar. Não deu certo, não ganhámos, é verdade. Esta aposta não foi boa, mas tivemos muitas outras apostas que deram certo", afirmou na altura, depois de ter recebido o grau ouro das medalhas de mérito do Turismo, no Ministério da Economia, em Lisboa.

O consórcio Atlantic Gateway, de Humberto Pedrosa e David Neeleman, detém 45% do Grupo TAP (TAP SGPS), o Estado, através da Parpública, detém 50% e os restantes 5% estão nas mãos dos trabalhadores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório