Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

"Comissão Europeia foi a primeira a aceitar a bondade do Orçamento"

Questionado sobre o alerta que hoje chegou de Bruxelas, Marcelo salientou que Bruxelas mostrou-se favorável ao documento apresentado pelo Executivo português.

"Comissão Europeia foi a primeira a aceitar a bondade do Orçamento"
Notícias ao Minuto

15:42 - 21/11/18 por Beatriz Vasconcelos 

Economia Marcelo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, reagiu, esta quarta-feira, à chamada de atenção de Bruxelas - relativamente à proposta do Orçamento do Estado para o próximo ano - destacando que, no geral, a Comissão Europeia se mostrou favorável ao documento português. 

"A Comissão Europeia foi a primeira a aceitar a bondade do Orçamento português, ao contrário de outros orçamentos com défices previstos muito elevados, que não é o caso de Portugal felizmente. Portanto, aquilo que fez e faz todos os anos são alguns reparos de natureza específica, mas no geral mostrou-se favorável ao Orçamento português", disse Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas.  

Em causa está o alerta de Bruxelas de que o Orçamento do Estado português para o próximo ano (OE2019) coloca em risco as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC). Segundo a Comissão Europeia, podem haver "desvios significativos da trajetória de ajustamento" para o objetivo orçamental de médio prazo. 

Na proposta do OE2019, entregue a Bruxelas em 15 de outubro, o Governo português estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,2% no próximo ano, uma taxa de desemprego de 6,3% e uma redução da dívida pública para 118,5% do PIB. O executivo de António Costa mantém a estimativa de défice orçamental de 0,2% do PIB no próximo ano e de 0,7% do PIB este ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório