Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 19º

Edição

Obrigacionistas do BPI apreciam hoje fusão com BPI Private Equit

Os obrigacionistas do BPI vão pronunciar-se hoje sobre a fusão com o BPI Private Equity, numa assembleia-geral (AG) que decorre às 10:00, no Porto.

Obrigacionistas do BPI apreciam hoje fusão com BPI Private Equit
Notícias ao Minuto

06:10 - 16/11/18 por Lusa

Economia Porto

A convocatória, para detentores de vários tipos de obrigações do BPI tem como único ponto a apreciação da "fusão por incorporação" do banco com o BPI Private Equity, uma operação anunciada ao mercado no dia 15 de outubro.

Esta operação acontece no âmbito da reorganização do grupo que está a ser feita pelo seu dono, o Caixabank, sendo que o banco adiantou que estas fusões por incorporações e respetiva extinção jurídica destas sociedades têm em vista "simplificar a estrutura do grupo BPI".

A cada obrigação corresponde um voto, esclarece e convocatória para a AG, salientando que têm direito a votar os investidores com obrigações no seu nome até às 00:00 do dia 09 de novembro.

A convocatória avisa ainda que "a ausência de deliberação expressa, no âmbito desta assembleia, no sentido da oposição à fusão e de nomeação de representante para o efeito, implicará o não exercício do direito de oposição".

O CaixaBank, que tomou o controlo do BPI em 2017, tem vindo, desde então, a alterar a estrutura do grupo bancário português e a incorporar atividades do BPI de banca de investimento.

Em novembro de 2017 foi acordada a venda ao CaixaBank das atividades do BPI de banca de investimento, o que deve ser concretizado ainda este ano, estando o Caixabank a constituir uma sucursal em Portugal com essa finalidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório