Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Em 2017, zona euro registou défice de 1%. Portugal teve o 2.º maior

O défice orçamental na zona euro recuou para os 1,0% tanto na zona euro quanto na União Europeia (UE) em 2017, com Portugal a apresentar o segundo maior (3,0%) pelo impacto da capitalização da CGD, segundo o Eurostat.

Em 2017, zona euro registou défice de 1%. Portugal teve o 2.º maior
Notícias ao Minuto

10:00 - 22/10/18 por Lusa

Economia Eurostat

De acordo com a segunda notificação do gabinete estatístico da UE, o saldo orçamental negativo na zona euro recuou dos 1,6% em 2016 para os 1,0% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, um ligeiro agravamento face aos 0,9% previstos na primeira notificação, divulgada em abril.

Na UE, o défice orçamental recuou para os 1,0%, face aos 1,7% homólogos.

Portugal apresentou no ano passado o segundo maior défice orçamental (3,0%), devido ao impacto da capitalização da Caixa Geral de Depósitos.

Em 2017, Malta (3,5%), Chipre (1,8%) Suécia (1,6%), República Checa (1,5%), Luxemburgo (1,4%), Holanda (1,2%), Bulgária e Dinamarca (1,1% cada), Alemanha (1,0%), Croácia (0,9%), Grécia (0,8%), Lituânia (0,5%) e Eslovénia (0,1%) apresentaram excedentes orçamentais.

Os menores défices públicos, em percentagem do PIB, foram registados na Irlanda (-0,2%), Estónia (-0,4%), Letónia (-0,6%) e Finlândia (-0,7%).

Espanha apresentou um défice superior ao limite de Bruxelas (-3,1%) e Portugal ficou no limite (-3,0%).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório