Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Em estreia 'louca', Farfetch disparou 42% e levou Portugal a Wall Street

A Farfetch tornou-se na primeira empresa tecnológica portuguesa a entrar na bolsa de Nova Iorque. A estreia ficou marcada, também, pelo disparo do preço das ações.

Em estreia 'louca', Farfetch disparou 42% e levou Portugal a Wall Street
Notícias ao Minuto

08:17 - 24/09/18 por Notícias Ao Minuto 

Economia Bolsa

A Farfetch, empresa fundada pelo português José Neves, estreou-se na sexta-feira na bolsa de Nova Iorque. Como foi? Um sucesso. As ações abriram a disparar 30%, mas encerraram a sessão com uma valorização de 42,3%. 

"Colocar a bandeira portuguesa no New York Stock Exchange (NYSE) era um dos pequenos sonhos que tínhamos e que foi realizado hoje", disse José Neves, fundador da empresa, numa entrevista à agência Lusa.

O empresário português fez questão de levar consigo a bandeira portuguesa e, ainda, que esta estivesse içada no momento em que a tecnológica se estreava na maior bolsa de valores do mundo. 

Quando pediu para entrar em bolsa, a Farfetch tencionada vender as ações, na Oferta Pública Inicial (IPO), entre 15 e 17 dólares. Poucos dias depois, esse intervado foi revisto em alta para entre 17 e 19 dólares. Porém, na sexta-feira, esse montante foi novamente aumentado para 20 dólares por ação

Veja o momento em que o português José Neves 'tocou os sinos' na NYSE para celebrar a estreia da sua empresa em bolsa:

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório