Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

Fundador da Amazon doa 2 mil milhões de dólares para ações de filantropia

O presidente do gigante do comércio eletrónico Amazon, Jeff Bezos, anunciou na quinta-feira que vai doar dois mil milhões de dólares para financiar escolas em bairros pobres e organizações que apoiem famílias sem-abrigo nos EUA.

Fundador da Amazon doa 2 mil milhões de dólares para ações de filantropia
Notícias ao Minuto

07:35 - 14/09/18 por Lusa

Economia Solidariedade

Jeff Bezos, cuja posição na Amazon vale cerca de 160 mil milhões de dólares (137 mil milhões de euros), anunciou, através da rede social Twitter, que uma parte do fundo se destina a organizações e grupos que garantem acolhimento e comida a jovens famílias sem-abrigo, enquanto outra parte vai financiar a construção e funcionamento de jardins-de-infância em comunidades carenciadas.

Não foi divulgado como serão estas escolas, sabendo-se apenas que terão a pedagogia de ensino de Maria Montessori, um método que se foca no ensino através da brincadeira e que privilegia a individualidade e o desenvolvimento socio-emocional.

Bezos, que fundou a Amazon como uma loja de livros na Internet há mais de 20 anos, entrou este ano para a lista de bilionários da revista Forbes, ultrapassando o cofundador da Microsoft Bill Gates e o investidor Warren Buffett.

A riqueza de Bezos permitiu-lhe financiar projetos paralelos, como a empresa de exploração espacial Blue Origin, e comprar o jornal The Washington Post.

Ao escolher focar a sua filantropia nos sem-abrigo e na educação precoce, Bezos é provavelmente influenciado tanto pela Fundação da Família Bezos quanto pela sua cidade adotiva de Seattle, onde alguns habitantes se sentem preocupados com o crescimento do custo de vida, largamente atribuído ao sucesso da Amazon.

Tanto o gigante tecnológico como o seu fundador foram criticados em Seattle por não fazerem mais para ajudar os necessitados e foram visados na polémica que atingiu a região sobre o aumento do tráfico, os preços das habitações e a realidade dos sem-abrigo.

Quando Seattle aprovou um imposto, em maio passado, sobre grandes empresas para combater a crescente crise de desalojados na cidade, a Amazon chegou a suspender os planos de construção de um novo prédio perto da sua sede, o que levou os autarcas a retirar rapidamente a medida.

Esta disputa motivou um crescente desagrado de mais habitantes contra a Amazon e Bezos, ofuscando o trabalho de filantropia que têm desenvolvida na cidade, nomeadamente o financiamento com 40 milhões de dólares (34 milhões de euros) para uma organização de combate à pobreza e uma outra instituição cuja missão é garantir abrigo a todas as crianças.

Além do dinheiro, ambas as organizações sem fins lucrativos receberam espaços nos prédios da Amazon para desenvolverem o seu trabalho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório