Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Toys 'R' Us mantém atividade em Portugal

A cadeia de brinquedos Toys 'R' Us vai continuar com as operações em Portugal e Espanha após a sua compra por investidores portugueses, contando com a presidência executiva de Paulo Sousa Marques, anunciou hoje a empresa em comunicado.

Toys 'R' Us mantém atividade em Portugal
Notícias ao Minuto

13:25 - 20/08/18 por Lusa

Economia Brinquedos

"A operação da Toys 'R' Us Ibéria continuará em funcionamento e desenvolvimento em Espanha, após um processo de aquisição por investidores portugueses, a Green Swan, representada por Paulo Andrez", que se juntam à atual equipa de gestão, "como novos proprietários", refere a empresa.

"Este processo garante a continuidade do negócio da Toys 'R' Us em Espanha e Portugal, mantendo-se em funcionamento todas as lojas e garantindo a manutenção dos postos de trabalho. Depois de alguma incerteza, derivada do encerramento do negócio em mercados como os Estados Unidos e Reino Unido, este processo, que contou com o apoio do Grupo Toys 'R' Us e dos 'stakeholders' [partes interessadas] da Toys "R" Us Ibéria, afirma a sustentabilidade do negócio em Espanha e Portugal", acrescenta.

Paulo Sousa Marques será o novo presidente executivo da Toys 'R' Us Ibéria, "dando assim continuidade aos sucessos desta marca histórica nos mercados de Espanha e Portugal".

No comunicado, o presidente executivo afirma: "Estamos muito confiantes e seguros do futuro desta empresa, com todo o capital humano existente e as suas competências, nos colaboradores e parceiros, e muito motivados para continuar a oferecer às famílias, aos seus bebés e crianças, as melhores ofertas de produtos, desde a puericultura, materiais pedagógicos e os de entretenimento".

A Toys 'R' Us Iberia foi adquirida por uma sociedade portuguesa, a Green Swan, com 60% do capital, representada por Paulo Andrez, e pela equipa de gestão, com 40%, garantindo a continuidade e viabilidade da marca em Espanha e Portugal.

O até agora diretor-geral da Ibéria e França, Jean Charretteur, considerou que "este acordo é consequência do processo desenvolvido pela empresa desde março, que tinha como objetivo encontrar um investidor que trouxesse os recursos e ambição para assegurar, em linha com a implementação do plano de negócios, a viabilidade da Toys 'R' Us em Espanha e Portugal".

Em setembro, será inaugurada uma nova loja em Madrid.

"Nas próximas semanas serão definidos os novos objetivos para a empresa em Espanha e Portugal, que conta atualmente com 61 lojas e lojas 'online' e 1.300 colaboradores, e partilhados, como habitual, com todas as equipas e parceiros históricos, garantindo ainda mais o futuro desta marca icónica, mantendo a sua filosofia de oferecer experiências únicas nas lojas, sejam elas físicas ou 'online', que mantêm a sua atividade com normalidade", refere.

Em 14 de março último, o grupo anunciou que iria encerrar todas as lojas no Reino Unido, deixando mais de três mil pessoas no desemprego. No dia seguinte, divulgou que vai proceder à liquidação do negócio nos Estados Unidos.

Coincidindo com aquele anúncio, a Toys 'R' Us Iberia explicou que estudaria a viabilidade em Espanha e a possibilidade de vender o seu negócio no mercado espanhol, onde possui 53 lojas e 1.600 empregados.

A Toys 'R' Us entrou em Portugal em 1993, com a abertura das lojas de Telheiras (Lisboa) e de Vila Nova de Gaia. Um ano depois inaugurou a unidade no Cascais Shopping e em 1997 em Braga e no Centro Comercial Colombo (Lisboa).

Em 2002 inaugurou duas lojas no Almada Fórum e no Aveiro Retail Park. Em 2012 chegou ao Freeport, em 2014 ao Mar Shopping, em 2016 abriu em Braga e, em 2017, inaugurou a loja em Guimarães, de acordo com dados da empresa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório