Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 16º

Edição

Banco Mundial vai usar tecnologia das criptomoedas para emitir dívida

O banco central da Austrália foi mandatado para preparar a primeira emissão de dívida recorrendo à tecnologia blockchain. Para muitos esta tecnologia torna os processos mais rápidos e seguros, mas outros receiam que a promoção exagerada da blockchain possa resultar numa bolha.

Banco Mundial vai usar tecnologia das criptomoedas para emitir dívida
Notícias ao Minuto

11:19 - 11/08/18 por Fábio Nunes 

Economia Mercado

O Banco Mundial mandatou o Commonwealth Bank of Australia para preparar a primeira emissão de dívida com recurso à tecnologia blockchain, que é habitualmente usada nas criptomoedas como a bitcoin, adianta a CNBC.

O blockchain pode ser visto como um livro de registos que é atualizado sempre que é feita uma nova transação. Como explica a Forbes, isto é conseguido usando a criptografia para ligar os conteúdos de um novo bloco ao bloco anterior a esse, daí o nome ‘corrente de blocos’.

A ‘obrigação canguru’ (o nome dado às obrigações estrangeiras emitidas na Austrália em moeda local) recebeu a designação de bond-i, que representa Blockchain Offered New Debt Instrument, mas que serve igualmente como referência à celebre praia de Bondi em Sydney.

“A Blockchain tem o potencial para otimizar os processos entre os vários agentes e intermediários do mercado de dívida. Isto pode ajudar a simplificar os aumentos de capital e a transação de ativos, melhorar as eficiências operacionais e reforçar a supervisão regulatória”, pode ler-se num comunicado conjunto do Banco Mundial e do banco central australiano.

Quando for lançada a dívida, será emitida e distribuída numa plataforma blockchain do Banco Mundial e do CBA. O Banco Mundial já referiu que o interesse dos investidores nesta operação tem sido bastante grande.

Os defensores da tecnologia blockchain salientam a maior rapidez e segurança nos processos. No entanto, não faltam vozes importantes que criticam a promoção exagerada desta tecnologia. É o caso do economista Nouriel Roubini, mas também de Steve Wozniak, co-fundador da Apple, que teme que essa promoção resulte posteriormente numa bolha.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório