Meteorologia

  • 23 JULHO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

Peso da economia chinesa no mundo vai continuar a aumentar até 2032

O peso da economia chinesa no mundo vai aumentar, até 2034, e começa depois a cair, enquanto a Índia vai aumentar a sua representatividade até pelo menos 2060, segundo um estudo da OCDE.

Peso da economia chinesa no mundo vai continuar a aumentar até 2032
Notícias ao Minuto

10:36 - 12/07/18 por Lusa

Economia OCDE

Dentro de 16 anos, a economia chinesa vai compor 27,1% do Produto Interno Bruto somado dos países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e do G20, detalha o estudo.

Em 2005, correspondia a 12,5% e, atualmente, situa-se em 23,9%.

O mesmo estudo detalha que aquela percentagem vai começar a cair ligeiramente, a partir de 2034, e, em 2060, vai-se fixar em 26%.

A Índia, que representa atualmente 9,25% do PIB somado dos 48 países membros da OCDE e do G20, deve alcançar uma representatividade de 21,2%, em 2060.

Aqueles 48 países representam 82% da economia mundial.

A OCDE, que reúne os países desenvolvidos e da qual Portugal é membro, teve a sua quota reduzida de 72%, em 2000, para 53,9%, em 2018.

Em 2030, vai representar 47% e, em 2060, cairá para 42,6%.

Os autores do estudo estimam que o ritmo de crescimento anual da economia mundial passará dos atuais 3,5% para 2%, em 2060, refletindo a desaceleração nos países em desenvolvimento.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.