Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2018
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

TACV cancela 52 voos numa semana afetando mais de 7.500 passageiros

A companhia aérea cabo-verdiana (TACV -Cabo Verde Airlines) cancelou 52 voos desde a semana passada, por falta de aviões, afetando cerca de 7.550 passageiros, divulgou a empresa.

TACV cancela 52 voos numa semana afetando mais de 7.500 passageiros
Notícias ao Minuto

12:17 - 11/07/18 por Lusa

Economia Aviação

Em comunicado enviado à imprensa, a Cabo Verde Airlines indicou que já conseguiu "assegurar a proteção de 90% dos passageiros, estando os restantes 10% em processo de tentativas de acolhimento nas melhores circunstâncias possíveis, em companhias terceiras".

"Estas são circunstâncias extraordinárias que estamos a enfrentar e prevemos que sejam resolvidas nos próximos dias por forma a restabelecer a operação a curto prazo", adiantou o Conselho de Administração da companhia aérea.

A transportadora aérea pública cabo-verdiana lamentou "profundamente todos os constrangimentos causados", referindo que "está focada" no plano de proteção dos passageiros até a retoma das operações, "prevista para os próximos dias".

"Estamos a trabalhar incansavelmente para remarcar todos os nossos passageiros em voos alternativos e garantir que chegam ao seu destino da forma mais rápida e confortável possível", prosseguiu a TACV.

Na semana passada, a Cabo Verde Airlines (TACV) anunciou que cancelou voos até ao dia 04 de julho devido a atrasos na reposição da frota, tendo acionado o programa operacional de proteção de passageiros.

Entretanto, a frota ainda não foi reposta e os voos continuam a ser cancelados.

A TACV está em processo de reestruturação, tendo o Governo assinado com o grupo islandês Icelandair um contrato de gestão, de forma a preparar a empresa para a privatização.

A companhia começou a operar com dois aviões da Icelandair em novembro e, aquando da assinatura do acordo de gestão, em agosto, o Governo cabo-verdiano anunciou que a frota da empresa iria receber até ao final deste ano mais três aviões.

Com um passivo acumulado de mais de 100 milhões de euros, a companhia, que mudou a sua base operacional da capital cabo-verdiana para a ilha do Sal, assegura agora apenas as ligações internacionais, depois de ter sido cedido à Binter Cabo Verde o mercado doméstico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.