Meteorologia

  • 15 NOVEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Farfetch lança programa de estágios remunerados. Tem 60 vagas

Candidaturas para o programa que decorre em Lisboa, Porto e Braga estão abertas até ao final de julho.

Farfetch lança programa de estágios remunerados. Tem 60 vagas
Notícias ao Minuto

15:40 - 09/07/18 por Notícias ao Minuto 

Economia Recrutamento

A Farfetch anunciou, esta segunda-feira, o lançamento de uma nova edição do Programa PLUG-IN, que desafia os recém-graduados a participarem em estágios remunerados em setembro. Este ano estão disponíveis 60 vagas, um crescimento de 60% face à edição anterior

A Farfetch alargou também os perfis dos recém-licenciados admitidos a concurso, de acordo com um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Os perfis mais procurados continuam a ser das áreas de engenharia e de matemática, mas este ano também se procuram candidatos para a área de produto, na vertente de design.

“Estamos a falar de um programa que, desde o início, tem uma estrutura de mentoria e desenvolvimento dos participantes muito distintiva. Representa uma oportunidade única para os candidatos que podem ter a primeira experiência profissional, com um apoio muito próximo de experts nas respetivas áreas e, ao mesmo tempo, participar em projetos complexos e inovadores que estão a mudar a indústria”, afirma Ana Sousa, 'Talent and People Director' da Farfetch em Portugal.

O programa remunerado tem a duração de seis meses e arranca em setembro, nos escritórios da Farfetch em Lisboa, Porto e Braga. Na edição de 2017, o PLUG-IN recebeu cerca de 500 candidaturas e selecionou 36 estagiários. Todos foram convidados a continuar na Farfetch depois do programa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório