Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Portagens são para o Interior o muro de Berlim construído por governantes

A diretora da empresa de confeção de vestuário Dielmar, sediada na vila de Alcains, Castelo Branco, afirmou hoje que as portagens foram para o Interior e para as assimetrias do país o muro de Berlim construído por governantes.

Portagens são para o Interior o muro de Berlim construído por governantes
Notícias ao Minuto

15:47 - 05/07/18 por Lusa

Economia Dielmar

"Eu disse-lhe [Assunção Cristas], hoje, aqui, que as portagens mais não foram para o Interior e para as assimetrias do país o mesmo que o muro de Berlim construído pelos governantes. Acho que este muro tem que ser começado a ser destruído rapidamente, porque foi ele que criou ainda um isolamento maior do Interior (...)", afirmou Ana Paula Rafael.

A diretora da Dielmar, fábrica de confeções e de vestuário sediada na vila de Alcains, Castelo Branco, falava aos jornalistas após uma visita da presidente do CDS-PP, Assunção cristas, à empresa, no âmbito do "Estatuto Fiscal para o Interior" elaborado pelo Gabinete de Estudos do partido e que vai estar em discussão na sexta-feira no parlamento.

"Do meu ponto de vista empresarial, acho que é muito importante que as portagens e as pessoas que vivem no interior não sejam penalizadas. Eu acabaria com elas [portagens] imediatamente. Acho que os custos que temos com as portagens são muito superiores aos custos que teremos sem portagens. Porque o equilíbrio do país é muito mais importante, em termos económicos, do que o custo que esta portagem tem [A23] e tudo o que ela implica", sustentou.

Realçou ainda a importância da visita da líder do CDS-PP à empresa, não só porque permitiu a Assunção Cristas conhecer a realidade local e as dificuldades que uma empresa tem no Interior, mas também conhecer as próprias propostas do partido.

"Penso que é muito importante que os políticos visitem, tenham contacto direto com a realidade e, sobretudo, que façam propostas condizentes com aquilo que é a necessidade que o Interior tem de desenvolvimento", disse.

A empresária defendeu ainda políticas fiscais para o Interior, como aquelas que estão a ser apresentadas pelo CDS-PP.

"É preciso olhar para o país de uma forma equilibrada e perceber que o Interior precisa de políticas fiscais diferenciadoras, porque, caso contrário, podemos repovoá-lo, mas depois temos que criar investimento e condições de atratividade ao investimento", disse.

Ana Paula Rafael deixou ainda uma mensagem para todos os políticos e partidos políticos nacionais: "Temos que criar condições de investimento e de revitalização empresarial no Interior e trazer investimento estrangeiro, mas temos que olhar para aqueles que estão cá, a fazer um sacrifício enorme e que não podemos deixar acabar".

A diretora da Dielmar, empresa que emprega mais de 400 trabalhadores e que exporta os seus produtos para praticamente todo o mundo, entende que é necessário criar também condições para os empresários e empresas que estão no interior se revitalizem.

"O trabalho e a atração de investimento estrangeiro é um trabalho de médio e longo prazo, mas aquelas [empresas] que estão cá, a pugnar pelos interesses do país e que estão a dar emprego, é um trabalho de curto prazo, de curto, médio e longo prazo", concluiu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório