Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Renegociar o empréstimo? Três dicas para conseguir melhores condições

Tendo em conta as taxas de juro reduzidas, esta poderá ser uma boa altura para "renegociar crédito ou até consolidar várias dividas e conseguir poupar algum dinheiro", refere o ComparaJá.pt.

Renegociar o empréstimo? Três dicas para conseguir melhores condições
Notícias ao Minuto

08:37 - 05/07/18 por Notícias ao Minuto

Economia ComparaJá

Esta poderá ser uma boa altura para renegociar as condições de um empréstimo, devido às reduzidas taxas de juro, revela o ComparaJá.pt, um simulador de produtos de crédito e telecomunicações.

De acordo com dados do Banco de Portugal (BdP), citados pela plataforma, as taxas de juro aplicadas ao crédito ao consumo têm vindo a cair ao longo dos últimos anos, pelo que “poderá fazer sentido solicitar um empréstimo bancário, renegociar crédito ou até consolidar várias dividas e conseguir poupar algum dinheiro”.

Assim sendo, o ComparaJá.pt explica que há três formas de reduzir o 'peso' mensal do crédito:

  1. Renegociar crédito - “Antes de entrar num processo de renegociação das condições de um empréstimo deve analisar, de forma cuidada, a sua situação, em especial a sua taxa de esforço (…) o valor aconselhável desta taxa deve situar-se entre 30% a 45%, o que significa que as suas despesas fixas obrigatórias (tais como a renda da casa) não devem pesar mais do que esta percentagem no seu orçamento”.
  2. Consolidar todos os empréstimos - “Neste processo pode ficar a pagar uma prestação mensal até 60% inferior à que tem atualmente. Assim, fica só com um único montante para liquidar por mês e não várias quantias dispersas.”
  3. Transferir o montante em dívida - "Por fim, para poupar – e muito – na prestação mensal do seu crédito, poderá transferi-lo para outra instituição (….) no entanto, ao transferir o crédito poderá ter de pagar uma comissão de reembolso antecipado.”

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório