Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

Transavia vai reforçar em 10% capacidade em ligações de e para Portugal

A companhia aérea de baixo custo Transavia transportou perto de um milhão de passageiros de janeiro a maio em Portugal, que descreve com "um mercado muito dinâmico e estratégico", e onde vai reforçar a capacidade em 10% este ano.

Transavia vai reforçar em 10% capacidade em ligações de e para Portugal
Notícias ao Minuto

08:14 - 18/06/18 por Lusa

Economia Passageiros

"Com 970 mil passageiros transportados entre 01 de janeiro e 31 de maio de 2018, Portugal continua a ser um dos nossos três principais mercados e a Transavia é agora a segunda maior companhia aérea no país de/para França e a primeira de/para Holanda", afirmou a presidente executiva da Transavia France, Nathalie Stubler, em declarações à agência Lusa.

Neste contexto, disse, além da nova rota Lisboa-Roterdão e da nova 'night-stop' (estacionamento noturno) em Lisboa a partir de Paris-Orly - ambas anunciadas no início deste ano -- a 'low cost' do grupo Air France-KLM está a ampliar a sua oferta em 19% de/para Lisboa para França e 11% de/para o Porto para França.

O reforço em 10% da oferta este ano em Portugal, para um total de três milhões de lugares, segue-se ao crescimento de 13% do total de passageiros transportados em 2017 (2,5 milhões), sendo a expectativa da Transavia continuar a crescer "a um ritmo anual de dois dígitos" no país.

"Portugal mantém-se um mercado muito dinâmico e estratégico para a Transavia e a nossa quota de clientes portugueses continua a crescer, atingindo agora perto de um quarto dos nossos passageiros nestes voos", afirmou Nathalie Stubler.

Segundo a responsável, nos últimos anos a companhia franco-holandesa tem apostado numa "estratégia capaz de atrair uma cada vez maior proporção de viajantes de negócios no mercado português, oferecendo uma proposta mais personalizada e flexível".

Uma estratégia que se traduz, este verão, na introdução da sexta frequência diária da rota Porto-Paris-Orly (que arrancou com um voo diário em 2007 e é hoje a maior em toda a rede Transavia) e da quarta frequência diária do voo Lisboa-Paris.

Outro exemplo é a rota Porto-Funchal, que se destaca como a única rota doméstica da Transavia fora de França e da Holanda.

"Com 22 rotas de/para quatro aeroportos em Portugal (Lisboa, Porto, Faro e Funchal) este verão, Portugal continua a ser uma aposta ganha para a Transavia", sustenta Nathalie Stubler.

Destes quatro aeroportos, é no Porto que a Transavia opera mais com frequências semanais - 71 (34 das quais de/para Paris-Orly, nove de/para Amesterdão, sete de/para Nantes, sete de/para Lyon e 14 de/para o Funchal), enquanto de/para Lisboa assegura 60 frequências semanais para seis destinos (Paris-Orly, Nantes, Lyon, Amesterdão, Eindhoven e Roterdão).

Em aberto está a possibilidade de a companhia começar a operar nos Açores, tendo o diretor para a área comercial da transportadora, Hervé Kozar, admitido recentemente à Lusa que tal possa vir a acontecer a partir de 2019.

Com mais de 14,8 milhões de passageiros transportados em 2017, a Transavia diz ser atualmente "a primeira companhia 'low-cost' com partida de Orly e a segunda de Paris (Beauvais, Roissy, Orly)".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório