Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Empresários de Viana dizem que fecho da CGD de Darque é erro estratégico

A Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC) manifestou hoje "indignação" e "preocupação" pelo encerramento da agência de Darque da Caixa Geral de Depósitos (CGD), anunciado para o final do mês, considerando tratar-se de um "erro estratégico".

Empresários de Viana dizem que fecho da CGD de Darque é erro estratégico
Notícias ao Minuto

14:40 - 14/06/18 por Lusa

Economia AEVC

A decisão "só pode revelar um profundo desconhecimento da região onde a referida agência está inserida", diz em comunicado a AEVC, que representa cerca de 2.000 empresas, 180 das quais situadas nas nove freguesias da margem esquerda do rio Lima afetadas pelo encerramento daquele balcão.

"A evidência deste equívoco traduz-se no anacronismo de encerrar uma agência que está inserida numa das zonas mais desfavorecidas, info-excluídas e envelhecidas da cidade de Viana do Castelo", sustenta a instituição, liderada por Luís Ceia.

Para a AEVC, o "grave reflexo desta gestão incoerente está no completo alienamento relativamente às alternativas que a CGD vai deixar à população, oferecendo-lhes como solução a gestão 'online' das suas contas ou a utilização da agência mais próxima, situada na avenida dos Combatentes da Grande Guerra, a cinco quilómetros de distância e com evidentes dificuldades de estacionamento".

"Como será de fácil compreensão, esta migração de clientes vai agravar os já elevados tempos de espera da agência CGD da Avenida dos Combatentes", reforçou a associação.

Segundo a AEVC, "a incoerência desta medida é ainda mais incompreensível quando, num raio de dez quilómetros, a agência em causa serve nove freguesias e uma população de cerca de 30.000 habitantes".

Dizendo representar "um conjunto de associados que usufruem dos serviços prestados por aquela agência da CGD", a associação considera que a decisão da CGD foi "tomada ao arrepio de qualquer noção de interesse e serviço público, fragilizando uma das regiões empresariais mais dinâmicas e resilientes que tem o privilégio de representar".

A AEVC garantiu ainda que "vai manter este ponto na sua agenda pública até que novos desenvolvimentos levem ao retrocesso na decisão agora anunciada".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório