Meteorologia

  • 20 JUNHO 2018
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 21º

Edição

OCDE prevê crescimento estável para conjunto das suas economias

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) estimou hoje um crescimento estável para o conjunto dos seus países membros, embora com uma ligeira variação em baixa na zona euro.

OCDE prevê crescimento estável para conjunto das suas economias
Notícias ao Minuto

14:06 - 13/06/18 por Lusa

Economia Zona Euro

De acordo com os indicadores compósitos avançados -- que medem antecipadamente alterações no ciclo económico -- situaram-se em abril no conjunto da OCDE nos 99,9 pontos, uma décima a menos que o nível 100 da média de longo prazo, que foi a pontuação de março.

Na zona euro, de acordo com a organização, os indicadores fixaram-se nos 100,1 pontos, uma décima a menos do que em março.

Nas sete maiores economias (Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão e Reino Unido), o crescimento fixou-se nos 100 pontos, uma décima menos do que em março.

Nas restantes economias, a OCDE conseguiu um crescimento estável nos EUA (100,2) e o Japão (99,9), com baixas no Canadá (99,9), Alemanha (100,3), França (99,8), Itália (100,2) e Reino Unido (99).

Observou-se ainda uma consolidação do crescimento na Índia (101,2), uma estabilidade na Rússia (101) e no Brasil (103,8) com sinais de variação positiva na China (99,1).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.