Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2018
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Governo quer batata a contribuir para equilibrar balança comercial

O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, afirmou hoje que a campanha de promoção da batata produzida em Portugal quer sensibilizar os portugueses para o consumo e assim ajudar a equilibrar a balança agroalimentar nacional.

Governo quer batata a contribuir para equilibrar balança comercial
Notícias ao Minuto

19:01 - 11/06/18 por Lusa

Economia Agricultura

"Trata-se de uma campanha de promoção, que felizmente vem a par de outras que estão em curso para outros produtos [agrícolas], cujo objetivo é promover a produção nacional. É preocupação do Governo equilibrar no horizonte de uma legislatura a balança agroalimentar nacional", disse à agência Lusa o governante, que falava à margem do lançamento, em Lisboa, da campanha de incentivo ao consumo de batata portuguesa, cujo mote é "Batata Portuguesa -- Nasce à Sua Porta".

A Porbatata - Associação da Batata de Portugal e a APED - Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição apresentaram hoje, em Lisboa, a campanha de incentivo ao consumo de batata nacional que vai estar em cerca de 700 lojas do país, com o propósito incentivar o consumo.

O presidente da Porbatata, António Gomes, defendeu que os portugueses devem comer batata nacional, justificando que "chega mais rápido ao prato, porque é produzida próxima do local de consumo. É [ainda] fresca, tem muito boas características nutritivas e organoléticas e implica menos horas de transporte e menos gastos em energia de conservação que a batata importada".

E prosseguiu: "Não tem um grama de gordura, tem boa quantidade de vitaminas, com a vitamina C, e minerais, como o potássio. Sacia, graças ao amido que contém, um hidrato complexo e é também de fácil digestão. E é um alimento que faz parte da dieta Mediterrânea".

A campanha tem ainda como parceiro a Associação Portuguesa de Nutrição e conta com o apoio do Ministério da Agricultura e, segundo disse à Lusa António Gomes, "tem um impacto positivo para o ambiente, em comparação com a batata de outras origens".

Já a diretora-geral adjunta da APED, Mónica Ventura, explicou que o apoio à produção nacional tem sido "um dos focos do trabalho" da associação, pelo que realçou a importância deste tipo de iniciativas de cooperação.

"O objetivo é valorizar a batata nacional que se destaca pela sua qualidade e pela relevância no contexto da economia agrícola do país", disse.

Capoulas Santos referiu ainda à Lusa que se tem assistido a "um aumento crescente" das exportações portuguesas, e que o setor agrícola "tem vindo a contribuir para esse objetivo, se bem que nem sempre seja fácil de alcançar, porque quando melhora o rendimento das famílias aumentam também as importações".

Apesar disso, o ministro garantiu que "a agricultura portuguesa está a responder bem", e que existem "muitas e boas iniciativas" das diferentes fileiras do setor e, neste caso, com esta campanha, da fileira da batata.

"Existe em Portugal uma produção [de batata] de excelente qualidade que e necessário levar aos consumidores desde que devidamente identificada quanto à origem. E uma vez que muitos dos produtores são produtores de pequena escala, interessa que se estabeleçam circuitos comerciais curtos, porque os pequenos agricultores têm alguma dificuldade em ter volume de produção que garanta com regularidade o escoamento para as grandes superfícies", lembrou Capoulas Santos.

Portugal produz cerca de 45% a 50% da batata consumida, sendo que das 500.000 toneladas produzidas exporta anualmente cerca de 100.000 e no total consome cerca 900.000 toneladas por ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório