Meteorologia

  • 20 JUNHO 2018
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

Concorrência insiste na ligação por oleoduto da refinaria da Galp a Sines

A Autoridade da Concorrência (AdC) recomenda a extensão do oleoduto da refinaria da Galp ao porto de Sines, para reforçar a utilização do parque de armazenamento de combustíveis de Aveiras e o acesso a importações competitivas.

Concorrência insiste na ligação por oleoduto da refinaria da Galp a Sines
Notícias ao Minuto

07:16 - 07/06/18 por Lusa

Economia AdC

Desde o primeiro pacote de medidas para o setor, em 2004, a Concorrência alerta para o elevado grau de concentração e na existência de barreiras à entrada nas atividades de refinação e armazenamento, considerando que deve ser finalizada a ligação por oleoduto da refinaria da Galp ao porto de Sines.

Na análise agora concluída, a AdC destaca que "a Galp continua a ser a empresa que detém a maioria da capacidade de depósitos de importação/refinaria no país, sendo que as suas refinarias garantem quase metade da capacidade de armazenamento de combustíveis em Portugal Continental".

Assim, o organismo liderado por Margarida Matos Rosa reforça a necessidade de "promoção do acesso às infraestruturas logísticas de combustíveis líquidos", uma vez que "a existência de condicionalismos ao nível do acesso a infraestruturas logísticas limita a capacidade de importação por parte dos operadores e, como tal, o grau de concorrência no setor".

Em dezembro de 2016, o Governo anunciou a intenção de avaliar e tomar os procedimentos para o prolongamento do oleoduto que liga o parque de combustíveis de Aveiras, propriedade da Companhia Logística de Combustíveis (CLC), à refinaria da Galp até ao porto de Sines, mais oito quilómetros para aumentar a concorrência no mercado de combustíveis.

Questionado então sobre a proposta do PS, aprovada então no parlamento, o secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, confirmou à Lusa que "o Governo vai iniciar em 2017 os procedimentos para assegurar a ligação entre a refinaria e o porto [de Sines], o que permitirá ao mercado dos combustíveis funcionar de forma mais aberta e será importante para o Porto de Sines".

O oleoduto de 147 quilómetros que abastece o parque de armazenamento de combustíveis de Aveiras de Cima termina precisamente na refinaria da Petrogal, pelo que o troço de quase oito quilómetros que o separa do Porto de Sines continua a ser um obstáculo às importações de produtos petrolíferos por barco.

Para o Governo, o prolongamento do oleoduto só fará sentido se acompanhado por uma mudança das regras de utilização das infraestruturas, que estão a cargo da CLC, empresa cujo maior acionista (65%) é a Galp.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.