Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2018
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 22º

Edição

ANTRAM apresenta propostas e dá quatro dias ao Governo para responder

Propostas apresentadas pela associação visam "inverter a situação atual" e permitir alcançar a "sustentabilidade e viabilidade do setor".

ANTRAM apresenta propostas e dá quatro dias ao Governo para responder
Notícias ao Minuto

14:49 - 28/05/18 por Beatriz Vasconcelos 

Economia Transportes

A Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) anunciou, esta segunda-feira, após uma reunião com o secretário de Estado das Infraestruturas, que apresentou soluções ao Governo para inverter a atual situação do setor. E mais: a ANTRAM exige uma resposta nos próximos quatro dias.

Entre as propostas que a associação colocou em cima da mesa estão, por exemplo, “o alargamento do regime do gasóleo profissional por mais dois anos”, bem como a “majoração com os custos de combustíveis, para efeitos de IRC”, refere a ANTRAM num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

No mesmo encontro, a associação solicitou também que o setor passe a ser abrangido pelo Regime Fiscal de Apoio ao Investimento (RFAI), já a partir de 2019. Destaque também para uma proposta relacionada com o benefício fiscal, “centrada na isenção de mais-valias em sede de IRC, quando reinvestidas na aquisição de veículos de mercadorias”.

O objetivo destas propostas, segundo a associação, passa por “inverter a situação atual” e consequentemente permitir alcançar a “sustentabilidade e viabilidade do setor”.

No mesmo comunicado, a ANTRAM faz saber que se não tiver uma resposta às propostas no prazo de quatro dias “estará totalmente solidária com as ações que as empresas de transporte decidirem definir”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório