Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2018
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Quais os fatores que estão a impulsionar o preço do petróleo?

A decisão de Donald Trump e a instabilidade geopolítica são os principais fatores que estão a conduzir ao aumento do preço da matéria-prima.

Quais os fatores que estão a impulsionar o preço do petróleo?
Notícias ao Minuto

09:11 - 18/05/18 por Notícias ao Minuto 

Economia Mercados

O preço do petróleo está em máximos de novembro de 2014, tendo atingido na quinta-feira os 80 dólares por barril, numa altura em que os receios geopolíticos criam preocupações relativas com a oferta.

Estes valores estão a refletir-se, principalmente, no aumento dos preços dos combustíveis. 

A decisão dos EUA terem abandonado o acordo nuclear com o Irão fez com que os mercados descontassem que as exportações de crude do Irão iriam cair, o que levou os preços a subir.

De acordo com o Guardian, o Irão e a Venezuela não são as únicas fontes de instabilidade geopolítica que provocam o aumento dos preços do petróleo.

"A crescente escalada de tensões entre a Arábia Saudita e o Irão, os contínuos conflitos no Iraque, na Líbia, na Síria e no Iémen afetaram significativamente a região", disse a Mitsubishi UFJ Financial Group ao jornal britânico.

De acordo com a publicação, estes aumentos do preço do petróleo podem representar um desafio para os bancos centrais que já lidam com a elevada inflação, como por exemplo o Banco de Inglaterra. "O maior teste pode ocorrer em países que estão já a lidar com uma inflação acima do objetivo como o Reino Unido", disse Craig Erlam, analista sénior de mercado da Oanda ao Guardian.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório