Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2018
Tempo
33º
MIN 32º MÁX 33º

Edição

Após derrota com o FC Porto: "Não andámos a tomar calmantes"

Estoril e Benfica encontram-se pelas 20h30 de sábado.

Após derrota com o FC Porto: "Não andámos a tomar calmantes"
Notícias ao Minuto

19:53 - 20/04/18 por Ricardo Santos Fernandes 

Desporto Rui Vitória

Esta sexta-feira, Rui Vitória faz a antevisão à deslocação ao terreno do Estoril, marcada para as 20h30 de sábado, em jogo referente à 31.ª jornada da I Liga. 

Siga a declarações do treinador do Benfica no Desporto ao Minuto. 

Jogo 150 de Rui Vitória pelo Benfica. O que espera deste jogo frente ao Estoril? Espero um jogo complicado na Amoreira, como é hábito desta equipa. Uma equipa que vai querer jogar bem, que tem essa preocupação e que nos vai querer causar problemas querendo circular a bola. Nós temos de ser uma equipa consistente a defender, mas também em termos ofensivos. Temos de ver quais são as zonas em que a equipa do Estoril pode ser mais permeável. São duas equipas que vão lutar pelos três pontos.

Sistema do 4-3-3 fica órfão sem Jonas? O futebol é mesmo fantástico. Quando mudámos para o 4-3-3 diziam que o Jonas não encaixava neste esquema, porque jogávamos com dois avançados... agora o problema é porque não temos o Jonas. Temos de ver as coisas de uma forma mais abrangente. Ao alterarmos o esquema fizemos isso do ponto de vista coletivo. Aliás, posso garantir desde já que o Jonas não vai ser convocado porque ele não está a 100 por cento. Vai jogar outro jogador no lugar do Jonas. 

Rescaldo do clássico frente ao FC Porto. Rui Vitória faria as mesmas escolhas e optaria pelo mesmo onze que alinhou diante dos dragões? O jogo do FC Porto está praticamente riscado, mas posso dizer que as substituições que fiz valem o que valem. Nós já conseguimos obter 17 golos vindos do banco, agora criticam-me pelas substituições que fiz no último encontro. Antes quem deu as ordens? As substituições valem o que valem. Três dias antes temos uma visão, três dias depois temos outra. Se o FC Porto não tem marcado aos 89 minutos, outra coisa diriam. Mas aos 84 minutos do jogo de Alvalade já vão dizer outra. Antes da derrota tivemos nove vitórias seguidas e alguém perguntou pelas substituições que fiz? Eu sou pouco dado a estas coisas, mas aprendam que algumas vezes as coisas correm bem, outras vezes correm mal. Mas não brinquem comigo, passa à frente. 

Nas três próximas jornadas o Benfica joga sempre primeiro que o FC Porto. Acha que esse fator é importante ou preferia jogar depois? Nós temos de ganhar, antes ou depois pouco importa. Este campeonato ainda não acabou. Faltam quatro jornadas e estamos prontos para elas. Estamos a dois pontos, vamos à procura de estar à frente daqui a quatro jornadas.

Sensações que o grupo transmitiu na última semana? Foi uma semana de trabalho muito boa, sensações muito boas de uma equipa que soube reagir a um resultado adverso. Atenção não andamos aqui aos pinotes, aos abraços e aos beijinhos uns com os outros, não é nada disso. Estamos é conscientes do jogo que foi. Não andámos a tomar calmantes nem a fazer correntes, mas temos um grupo empenhado em reagir, em fazer as coisas bem. Há uma coisa que é clara: se nós ganharmos o campeonato fazemos cinco seguidas, se os outros não ganharem um não ganha há cinco e outro não ganha há 17. E no final de contas só vai ganhar um. Uns fazem investimentos ruinosos, outros nem tanto assim. No final saberemos.

Preparação especial para este encontro após a derrota do FC Porto? Nada de significativo, nem uma sessão espiritual fizemos. Nem fizemos treinos especiais, nem tomámos calmantes. Amanhã jogam 11, isso é garantido, só não digo quem são.

Pizzi nesta fase da temporada está numa quebra de rendimento comparativamente a outras fases de tempo. Alguns motivos para isto estar a acontecer? Há alguns jogadores que tem épocas melhores do que outras. O Pizzi tem ajudado de certa maneira, são estados de forma, não tiro nenhuma ilação em particular. Está bem a nível pessoal, está casado, tem um filho, tem um bom agregado familiar, tem treinado com afinco, tem uma excelente personalidade. Isto são fases.

Pressão de conquistar os três pontos? Amanhã vai ser o Estoril à procura de uma surpresa. As duas equipas querem ganhar, jogando bem. Nós só temos de perceber como vamos pôr esse plano em marcha. Nesta fase final há stress competitivo, mas ainda bem que há. Há algo para ganhar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.