Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Dragão entrou de cara lavada e saiu da Champions de forma honrada

Liverpool e FC Porto não desataram o nulo no marcador. Os reds seguem em frente, após a vitória por 5-0 conquistada no Dragão.

Dragão entrou de cara lavada e saiu da Champions de forma honrada
Notícias ao Minuto

21:37 - 06/03/18 por Ricardo Santos Fernandes 

Desporto Liga dos Campeões

Resumo: Sérgio Conceição cumpriu a principal premissa que tinha referido na conferência de antevisão ao encontro em Anfield Road. O FC Porto operou dez alterações relativamente ao onze da primeira mão dos oitavos-de-final e despediu-se da Liga dos Campeões com um nulo em solo inglês.

Apesar de ter beneficiado de algumas oportunidades para abrir o marcador, o melhor lance pertenceu ao Liverpool e a defesa da noite a Iker Casillas, já bem perto do fim.

 Ritmo baixo: Jogadores de pés frios

O FC Porto entrou em Anfield Road de cara ‘quase’ lavada. E só não foi ‘total’ porque Sérgio Conceição manteve um jogador no onze, comparativanente ao que alinhou no Estádio do Dragão. Apenas Reyes teve o prazer de ouvir por duas vezes o hino da Liga dos Campeões nesta eliminatória.

O treinador dos azuis operou alterações em todos os setores da equipa, mas a surpresa maior ocorreu a meio-campo com a aposta no português Bruno Costa que somou os primeiros minutos na equipa principal. Para além de Bruno Costa, também Diogo Dalot se estreou nas provas europeias.

Numa primeira parte sem grande 'fogo de artifício', os primeiros 45 minutos ficaram pautados pela circulação de bola, na maior parte do tempo dos reds, e por 'suspiros', entendam-se pequenos avisos: Mané esteve perto aos 18’, Aboubakar aos 19’ e Firmino aos 28'. Não passavam de calafrios, numa noite gelada na cidade dos Beatles.

A grande ocasião surgiu ao minuto 31 e só não foi um verdadeiro '31' para o 'cofre' de Casillas, porque a bola de Mané esbarrou caprichosamente na base do poste direito da baliza do espanhol. Depois voltaram os 'calafrios': Mais um de Lovren, desta feita aos 35'.

Há factos indesmentíveis

As opiniões sobre um jogo de futebol são inegavelmente subjetivas, mas há dados aos quais não se pode escapar e a primeira parte em Anfield Road terminou sem remates na direção na baliza e sem qualquer canto.

A etapa complementar começou numa 'voltagem' mais elevada. Logo aos 48 minutos, a felicidade podia ter bajulado James Milner, mas o britânico falhou escandalosamente no coração da grande área, após assistência de Lallana. Mas o FC Porto não se deixou ficar e aos 52 minutos surgiu o primeiro remate à baliza: Remate de meia-distância, rasteiro e para defesa apertada de Karius.

Mas foi sol de pouca dura, porque pouco depois o encontro voltou a entrar numa fase menos interessante do jogo, de novo. O futebol tornou-se muito 'mastigado' de parte a parte, todavia com o Liverpool a ditar o ritmo e a controlar as operações.

Bem perto do fim e com um bom 'pressing' do FC Porto Óliver Torres não marcou por um triz: Livre lateral cobrado por Sérgio Oliveira, com o espanhol a disparar diretamente contra Klavan, que evitou o golo portista com o corpo. E nos instantes finais chegou a defesa da noite e o momento estrelar de Casillas: Cruzamento para a 'boca' do golo, por Salah e Ings, solto de marcação, a permitir a defesa da noite ao guardião espanhol.

Momento do Jogo: Não foi certamente um dos jogos mais difíceis para Iker Casillas, mas certamente a segurança transmitida aos colegas foi determinante para este desfecho. E a defesa a golo 'cantado' de Ings, aos 88 minutos, é a prova de que um grande guardião nunca descansa.

TERMINA O JOGO EM ANFIELD ROAD. O nulo prolongou-se nos 90 minutos. O Liverpool segue em frente para os quartos de final da Liga dos Campeões. O FC Porto fica pelo caminho.

90' - Três minutos de comopensação.

88' - Casillas foi enorme. Soberba intervenção a cabeceamento de Ings.

84' - Óliver Torres não marca por um triz. Livre lateral cobrado por Sérgio Oliveira, com o espanhol a disparar diretamente contra Klavan, que evitou o golo portista com o corpo.

80' - Entra Gonçalo Paciência, para a saída de Aboubakar.

79' - Corona bailou dois adversários, tentou o remate, mas a bola não levou a melhor direção.

74' - Jogo em Anfied entrou numa fase bastante desinteressante, bastante 'mastigado' diga-se.

67' - Sai Warris, entra Ricardo Pereira.

62' - Entra Sérgio Oliveira , sai André André.

61' -  Substituição no Liverpool: sai Firmino, entra Danny Ings

52' - Warris perto, perto, perto do golo. Foi o primeiro remate na direção da baliza deste encontro. Remate de meia-distância, rasteiro e para defesa apertada de Karius para canto.

48' - O que acaba de desperdiçar James Milner! Cruzamento de Lallana e o britânico a não aproveitar as 'crateras' no centro da defesa azul e branca.

46' - Começou a segunda parte em Anfield Road.

45' - Final da primeira parte em Anfield Road. 

44' - Moreno caiu na área após duelo com Felipe. Klopp ficou a pedir grande penalidade. O árbitro Felix Zwayer nada assinalou.

41' - O Liverpool aumentou a velocidade da partida, mas remates à baliza? Zero para os reds, zero para os dragões. Ambos os guarda-redes sem intervenções de maior.

35' - Mais uma oportunidade para o Liverpool, desta feita foi um desvio do central Lovren, a cruzamento de James Milner, a não dar o melhor seguimento à bola no coração da pequena área dos reds.

31' - Mané invadiu a grande área azul e branca, sem adversários pela frente, rematou ao poste direito da baliza de Casillas. Soberana oportunidade para os reds.

28' - Mais uma aceleração de Firmino, pela ala esquerda do FC Porto, a deixar em sobressalto a baliza de Casillas.

24' - Apesar das raras 'aparições' às duas balizas o jogo continuo frio, sem grande 'sabor'. 

19' - Falhou Aboubakar! O camaronês tentou o remate de primeira, em vólei, mas falhou o alvo, após um belo passe de Corona.

18' - Quase Mané. Esteve à beira de ser feliz o Liverpool. Joe Gómez cruzou à direita e, no coração da área,  Mané emenda por cima da baliza de um desamparado Casillas.

17' - Apareceu Warris, na sequência de um passe picado de óliver, mas o guardião Karius levou a melhor.

15'- Maxi Pereira de regresso ao relvado.

Os primeiros 15 minutos decorreram a um ritmo baixo, sem grandes 'fogos de artifício'. 

12' - Atenção: Maxi Pereira está a ser assistido fora do terreno de jogo.

9' - Aboubakar não tem a melhor receção e desperdiça uma boa ocasião para colocar em problemas Karius.

8' - Assistimos a um jogo em ritmo de treino, com a bola bastante afastada quer de uma área, quer da outra.

Ritmo lento, mas com os reds a assumirem as despesas do encontro.

1'- Rola a bola em Anfield Road.

Neste ocorre um minuto de silêncio, que se transformou em palmas, em memória de Davide Astori, jogador da Fiorentina que faleceu este domingo de morte súbdita. 

Já se houve o hino da Liga dos Campeões em Anfield Road. Ambiente fantástico num dos melhores palcos ingleses.

Onze do Liverpool: Loris Karius, Dejan Lovren, James Milner, Roberto Firmino, Joe Gomez, Jordan Henderson, Alberto Moreno, Sadio Mané, Adam Lallana, Emre Can e Joel Matip.

Onze do FC Porto: Casillas, Maxi Pereira, Felipe, Reyes e Diogo Dalot, Oliver, André André, Bruno Costa, Corona, Waris e Aboubakar.

A Liga dos Campeões está de regresso! Será que o Benfica ganha ao Ajax? Aposte 20€ sem risco e ganhe 73€ como o Benfica vai ganhar!

Múltipla Liga dos Campeões: Aposte 20€ sem risco como a Juventus, Man. City, Bayern e Roma vão ganhar e ganhe 101,8€!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório