Meteorologia

  • 20 MAIO 2018
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

I Liga - As defesas que marcam o futebol português

Mais vídeos

Volta ao Algarve: Tony Martin aposta no contrarrelógio

Campeão da 'Algarvia' em 2011 e 2013, Tony Martin vai fazer em Portugal a sua primeira prova por etapas da temporada e aposta na vitória no contrarrelógio, um exercício em que foi quatro vezes campeão do mundo e no qual é o atual campeão alemão.

Volta ao Algarve: Tony Martin aposta no contrarrelógio
Notícias ao Minuto

09:47 - 14/02/18 por Lusa

Desporto Ciclismo

O ciclista alemão Tony Martin (Katusha-Alpecin) aponta o contrarrelógio da terceira etapa da Volta ao Algarve como grande objetivo, mas não descura um inédito terceiro triunfo na prova.

Campeão da 'Algarvia' em 2011 e 2013, Tony Martin vai fazer em Portugal a sua primeira prova por etapas da temporada e aposta na vitória no contrarrelógio, um exercício em que foi quatro vezes campeão do mundo e no qual é o atual campeão alemão.

"Em primeiro lugar, quero ter um bom início de temporada. O meu principal objetivo é o contrarrelógio, mas vamos ver como vai ser a minha prestação nas montanhas. Gostaria muito de lutar pela classificação geral, mas vamos ver. Mas, acima de tudo, estou muito feliz por estar aqui de novo. Estou entusiasmado para a corrida. Adoro estar aqui, mas vamos ver como vai ser o resultado no domingo. Estou feliz com as condições neste momento, por isso, acho que tenho algumas hipóteses", disse à agência Lusa.

O alemão, de 32 anos, pode, tal como o britânico Geraint Thomas (Sky), fazer história na 44.ª edição da 'Algarvia' e tornar-se o primeiro a vencer três vezes a prova, mas sabe que para tal terá de fazer um excelente contrarrelógio em Lagoa, na sexta-feira.

"Vimos hoje o percurso. Não é muito fácil, mas vou dizer que gosto, tenho uma hipótese de vencer. Estou feliz", assumiu.

Nas suas duas vitórias no Algarve, a prova tinha apenas uma chegada em alto, no Malhão, mas agora, além da chegada da última etapa, os ciclistas têm mais um dificuldade, com a subida a Fóia, na segunda tirada.

"Eu não gosto muito das montanhas. Mas acho que é possível manter-me na frente. Mas ainda estamos no início da temporada, antes de mais tenho de ver em que momento estou. E volto a dizer que o principal objetivo é o contrarrelógio, mas vou lutar nas montanhas", assegurou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.