Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2018
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 23º

Edição

"Há vida para além da Liga dos Campeões"

Rui Vitória lamenta forma "atípica" como correu a fase de grupos da Liga dos Campeões ao Benfica.

"Há vida para além da Liga dos Campeões"
Notícias ao Minuto

19:36 - 22/11/17 por Carlos Pereira Fernandes 

Desporto Rui Vitória

Rui Vitória não escondeu a desilusão com a derrota diante do CSKA Moscovo, que custou, ao Benfica, a eliminação das provas europeias. Falando na zona de entrevistas rápidas, o técnico prometeu, no entanto, uma reação já no encontro com o Vitória de Setúbal.

Análise: Disputámos o jogo como tínhamos que disputar, entrámos à procura de fazer golo. Acabámos por sofrer um golo, que não sei se é ou não fora de jogo, não importa. A equipa foi à procura do golo do empate e sofreu um segundo golo atípico, a bola aparece na nossa baliza quase do nada. Tornou-se mais difícil. A equipa do CSKA, ao apanhar-se neste contexto, não tem problema em estar com um conjunto de jogadores na retaguarda e sair com poucos, despende poucas energias e teve o jogo mais controlado. Não correu como queríamos, mas agora já não há nada a fazer. 

O que falhou: Fizemos os mesmos remates do que a equipa do CSKA, tivemos mais tempo a bola… Acabámos por não concretizar aquela bola do Jonas, que, a este nível, é bom de aproveitar. Tivemos dificuldade porque a equipa contrária se fechou bastante, com muitos jogadores atrás da linha da bola. Tentámos, vindo de linha atrasadas, chegar com mais gente à entrada da área. Conseguimos, faltou mais remates. Fizemos o que o CSKA fez. Esta fase acabou como começou. Um bocadinho atípica na forma como sofremos os golos. O adversário, sem ter um desempenho muito superior ao nosso, acaba por ganhar em situações que acontecem, mas que não podemos controlar.

Zero pontos: Assumi claramente que não é o valor que temos a nível europeu. Não correu bem, começou num primeiro jogo em que merecíamos ter ganho e não ganhámos. Na Liga dos Campeões, os pormenores acabam por ser penalizadores. Mas há vida para além da Liga dos Campeões. Da mesma forma que, nas duas últimas épocas, fizemos boas campanhas, agora não fizemos. Temos que ficar tristes, porque não gostamos do que aconteceu, mas há um caminho para a frente. Vamos à procura de ganhar as competições internas.

Reflexos a nível interno: Não foi qualquer situação especial. Os jogadores estão conscientes de que tínhamos capacidade para fazer melhor. Foi um campeonato atípico, com quatro penáltis, duas expulsões… Amanhã há mais um dia de trabalho, temos outro jogo no domingo. Ter momentos tristes faz parte da vida das equipas. Se já tivemos momentos felizes, agora temos um menos feliz. Mas há mais vida para além disto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.