Meteorologia

  • 23 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Fez-se história na Alemanha, mas o FC Porto não teve razões para sorrir

Dragões foram derrotados pelo Leipzig, que conquistou a sua primeira vitória em competições europeias.

Fez-se história na Alemanha, mas o FC Porto não teve razões para sorrir
Notícias ao Minuto

06:44 - 18/10/17 por Ruben Valente

Desporto Análise

A viagem à Alemanha não foi fácil para o FC Porto. Os dragões saíram de Leipzig com uma derrota por 3-2, averbando assim a sua segunda derrota no Grupo G da Liga dos Campeões. Mas se os azuis e brancos não têm razões para sorrir, o Leipzig, por outro lado, tem um grande motivo para festejar: É que, com este resultado, os germânicos venceram pela primeira vez na sua história um jogo na Europa.

Quanto ao jogo, desde o apito inicial até ao final, não foi fácil para o FC Porto. Sérgio Conceição teve praticamente de rasgar as notas com a estratégia inicial para a sua equipa, uma vez que aos oito minutos de jogo, os dragões já perdiam por 1-0.

Aboubakar ainda empatou, mas o Leipzig fez o segundo e depois terceiro golo, fazendo valer a superioridade que demonstrou ao longo de todo o encontro.

O FC Porto foi sempre uma equipa que, na primeira parte, teve muitas dificuldades em sair para o ataque e em construir jogadas. Ainda assim, Marcano reduziu para 3-2, à beira do recolher para os balneários. Mas o resultado era justo. Os azuis e brancos nunca foram superiores em nenhum momento da 1.ª parte. 

No segundo tempo, a história (e o ritmo) foi bem diferente. Se nos primeiros 45 minutos existiram cinco golos, nos segundos... nem vê-los. Oportunidades? Quase nenhumas. Neste caso até era o FC Porto que teria de ir em busca do empate, mas os dragões não conseguiram criar, ao logo de toda a segunda parte, uma oportunidade de real perigo para a baliza do Leipzig.

A 'chama' apresentada pelo dragão foi fraca e contrastou com a exibição anteriormente conseguida diante do Monaco. 

José Sá, a surpresa da noite

Sérgio Conceição tinha dito, na antevisão da partida, que não era pago para fazer surpresas. No entanto, o facto de deixar Iker Casillas no banco de suplentes foi surpresa que chegue. José Sá foi o titular da baliza frente ao Leipzig e não se pode dizer que tenha tido uma exibição de sonho. O jovem guarda-redes português teve algumas culpas logo no primeiro golo do Leipzig, em que deixou escapar a bola, ficando o esférico à mercê de Orban, que aproveitou a recarga para faturar.

Como fica o FC Porto no Grupo G

Com este resultado, o FC Porto continua com os mesmos três pontos. Contudo, o Leipzig ultrapassou a formação lusa e ascendeu ao 2.º lugar do grupo, com 4 pontos. O Besiktas venceu o Monaco e reforçou a liderança do Grupo G, com nove pontos. Já os monegascos averbaram a segunda derrota e estão na última posição, com apenas um ponto.

Leipzigvs.FC Porto
14Remates7
8Remates à baliza4
58%Posse de bola42%
7Cantos2
1/0Cartões amarelos/vermelhos2/0
0Foras-de-jogo2

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório