Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

FC Porto não facilita e segue em frente na Taça com goleada

Dragões golearam o Lusitano de Évora por 6-0 e estão na quarta eliminatória da prova-rainha do futebol português.

FC Porto não facilita e segue em frente na Taça com goleada
Notícias ao Minuto

21:49 - 13/10/17 por Carlos Pereira Fernandes

Desporto 3.ª eliminatória

Após o Sporting, foi a vez do FC Porto carimbar o apuramento para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, e logo com uma contundente goleada de 6-0 sobre o Lusitano de Évora.

No Restelo, Aboubakar (bis), Marcano, Otávio, Hernâni e até o estreante Galeno fizeram os golos que massacraram um conjunto eborense que pouca capacidade de resposta teve para travar tamanha avalanche ofensiva. 

Canhão azul e branco rapidamente abateu muralha

Com várias alterações no ‘onze’ – oito, para ser mais exato, em relação ao Clássico com o Sporting – o FC Porto não baixou o ritmo e entrou em campo empenhado em arrumar a questão do apuramento o mais rápido possível.

Marcano, de cabeça, quase marcou aos dois minutos. Aboubakar, com um remate forte, também esteve perto de o fazer cinco minutos depois. Os dragões, sufocantes, empurravam o Lusitano para sua própria grande área e, com naturalidade, abriram o marcador aos 20 minutos de jogo.

Brahimi avançou pela ala esquerda e cruzou atrasado para Aboubakar, que teve tempo de rodar e rematar para o fundo das redes. No minuto seguinte, foi a vez de Diogo Dalot, também do lado esquerdo, cruzar para cabeceamento imparável do avançado camaronês.

Um valente murro no estômago para um conjunto eborense que há 52 anos não disputa o principal escalão português. Mas nem por isso os homens de Duarte Machado desistiam. Ricardo Ferro e João Nobre tiveram oportunidades para marcar ainda antes do intervalo, deixando no ar que a questão: Será que a eliminatória ainda não estaria resolvida?

Um dragão que não se contenta com pouco

A segunda parte foi rápida a responder a esta questão com um rotundo ‘não’. Apenas três minutos após o reinício do encontro, Iván Marcano, após um canto marcado do lado esquerdo, aproveitou para fazer o gosto ao pé.

O 3-0 permitia descansar, mas este dragão não se contenta facilmente. Aos 55 minutos, Otávio bailou e marcou um golaço. Dois minutos depois, o brasileiro lançou o recém-entrado Galeno – que se estreou na equipa principal – para o 5-0.

Já em cima dos 90 minutos, foi a vez de Hernâni fechar a goleada com um grande golo de calcanhar. O extremo encontrava-se em posição irregular, mas, uma vez que não há vídeo-árbitro na Taça de Portugal, o lance foi mesmo validado.

Uma vantagem bastante folgada que permite, aos homens de Sérgio Conceição, chegar com a motivação em alta ao importante duelo com o Leipzig, na próxima terça-feira, com o Leipzig, para a terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. 

Momento do jogo: Se sofrer um golo do FC Porto logo aos 20 minutos é desmotivador para uma equipa das divisões inferiores que queria surpreender, sofrer dois no espaço de um minuto é-o ainda mais. O segundo golo de Aboubakar, instantes após o primeiro, sentenciou a partida para a equipa de Sérgio Conceição ainda na primeira parte.

'Onze' do FC Porto: José Sá; Diogo Dalot, Reyes, Marcano, Ricardo; André André, Óliver, Otávio; Hernâni, Aboubakar e Brahimi.

'Onze' do Lusitano: Nuno Laurentino; José Quito, William Barbosa, Kiko, João Nobre; Ricardo Ferro, Francisco Carrega; Miguel Serrano, Jair Nunes, Bruno Machado; Miguel Rosado.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório