Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2017
Tempo
21º
MIN 21º MÁX 21º

Edição

Couceiro indignado com a arbitragem: "VAR? Estes erros são erros humanos"

Treinador do Vitória de Setúbal contesta arbitragem nos jogos dos sadinos.

Couceiro indignado com a arbitragem: "VAR? Estes erros são erros humanos"
Notícias ao Minuto

22:58 - 15/09/17 por Notícias Ao Minuto

Desporto I Liga

José Couceiro não escondeu a revolta depois da derrota do Vitória de Setúbal no terreno do Paços de Ferreira (1-0), num jogo que marcou o arranque da 6.ª jornada da I Liga. Em causa, está um lance onde João Amaral parece introduzir a bola na baliza, mas o vídeo-árbitro não assinalou o golo.

Na flash-interview da SPORT TV, após o apito final, José Couceiro foi questionado relativamente ao impacto da decisão uma vez que o jogo, naquela altura, se encontrava empatado.

"Teve todo o impacto. É golo. A bola passa totalmente a linha de baliza, portanto é golo. A questão é que não foi a única vez. No Restelo, há um penálti a nosso favor, que também não foi visto. Há qualquer coisa aqui que está errada. Na altura, estávamos por cima do jogo. Neste momento tenho uma equipa destroçada, temos seis jogos e curiosamente temos problemas em quase todos. Obviamente vamos ter que reagir. Vou ter que ter equilíbrio para não dizer aquilo que...", começou por dizer, prosseguindo. 

"A equipa está destroçada, revoltada com o que se passou. É uma palavra forte, mas é verdade. Quando as equipas começam a jogar com ansiedade e começam a jogar com situações mais difíceis na tabela, ninguém quer saber do que se passou anteriormente. É muito penalizador para o Vitória de Setúbal, é uma equipa muito jovem, com muitos jogadores a fazer a estreia na I Liga. A questão é se é necessário mais tempo - numa jogada destas - espera-se mais tempo. São lances decisivos e que adulteram a verdade desportiva, portanto nestes lances, espera-se e tem-se a certeza absoluta", explicou, antes de clarificar que não contesta o vídeo-árbitro, mas sim quem comanda as decisões do mesmo. 

"Vamos distinguir as coisas. Não é o vídeo-árbitro, estes erros não estão relacionados com as funcionalidades do vídeo-árbitro. Volto a repetir. Eu sou favorável ao vídeo-árbitro. Estes erros são erros humanos, não é o vídeo-árbitro que está em causa. A análise que tem de ser feita é uma análise mais profunda e perceber se as pessoas têm capacidade ou não para analisar os lances. Se não têm, altera-se", atirou, para depois recordar os outros casos em que sentiu que a sua equipa foi penalizada pela equipa de arbitragem.

"É uma coincidência, em seis jogos acho que temos três vezes o mesmo vídeo-árbtiro, ele enganou-se três vezes. Estas decisões penalizam fortemente uma equipa. O campeonato não acaba hoje, vai até maio, mas quando chegarmos a janeiro já ninguém se lembra do que aconteceu hoje. Somos nós que vamos ter o nosso lugar em risco. Além de tudo o resto. Há uma série de fatores... Eu não posso dizer aos jogadores que viram mal e que a bola não entrou. O penálti no Restelo é claro, hoje a bola entra na baliza, o penálti em Alvalade em caso de dúvida foi para o nosso lado", lamentou. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório