Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2017
Tempo
21º
MIN 21º MÁX 21º

Edição

"No FC Porto a fasquia tem de estar sempre elevada"

Tondela e FC Porto medem forças no domingo, pelas 20h15.

"No FC Porto a fasquia tem de estar sempre elevada"
Notícias ao Minuto

12:44 - 12/08/17 por Andreia Brites Dias

Desporto Sérgio Conceição

O FC Porto desloca-se ao terreno do Tondela, em jogo a contar para a segunda jornada da I Liga. Esta manhã, Sérgio Conceição fez a antevisão à partida de amanhã. 

Jogo: Acho que todos os adversários e até as equipas que lutam pela manutenção fazem uma boa preparação. Acredito que vamos ter um jogo difícil e vamos jogar para ganhar. É exatamente isso que se vai passar. Sabemos o que é o Tondela no seu processo defensivo, que é uma equipa muito organizada. É uma equipa perigosa que consegue aproveitar o espaço deixado por nós. É importante ter bola e paciência, mas sempre com os olhos na baliza adversária. 

Luta pelo título: Mal estaria eu se mudasse a opinião após a primeira jornada. Penso que a opinião é a mesma da semana passada. Foi feita a primeira jornada e continuo a pensar da mesma forma. 

Jogar fora ou em casa: É exatamente igual. A diferença é o número de adeptos que vão, mas a forma de jogar e encarar os jogos é exatamente igual em casa ou fora. Nós trabalhamos da mesma forma, preparamos os jogos em função do adversário que vamos ter e não se vamos jogar fora ou em casa. O grupo de trabalho sabe o que eu quero e não tenho problemas, para mim os jogos são todos iguais. Temos de jogar com todos e a abordagem ao jogo é feita da mesma forma. Sei que o ano passado muitos resultados fora não correram bem, mas isso foi o ano passado. Nem quero falar disso. Agora estamos noutra época.

Soares: Soares e Rafa continuam de fora e não estão disponíveis para o jogo. Alterar a estratégia? Poderá mudar mas não posso dizer mais. Não posso abrir o jogo porque é a estratégia. 

Fasquia mais elevada: Temos a obrigação de lutar pelos três pontos e não é a pressão exterior que vai influenciar. A exigência está alta no balneário em função do que somos. Somos um grupo determinado, queremos ganhar esta liga e é assim que estamos. No FC Porto, a fasquia tem de estar sempre elevada. 

Vídeo-árbitro: Sou pela verdade mas há sempre a discussão pela interpretação e intensidade dos lances. Os erros vão continuar a existir. Não estamos dentro da cabeça do árbitro para medir a intensidade. É o futebol e ainda bem que é assim, isso é que move. Não só isso mas também. 

Saída de Indi: Teve uma boa viagem, não teve? Ele é fantástico como pessoa, deu-me um grande abraço e chegou bem. Contratar mais um central? Isso é uma conversa com o FC Porto e com o seu presidente. Estamos em plena sintonia. Se o Indi saiu é porque foi um bom negócio para o clube e para o próprio jogador. O mercado é isto. Se gosto? Não, não gosto que o mercado esteja aberto em competição, não é estável. Mas até dia 31 de agosto estamos sujeitos a saídas, e não é só o FC Porto. Tudo o que é feito aqui no clube de acordo com o planeamento da direção. 

Marega: Perdeu dez dias de trabalho em termos físicos e teve de os recuperar. Fico agradado com a motivação que alguém tem no banco e entram e fazem o que o Marega fez no último encontro. Têm um espírito fantástico e isso deixou-me satisfeito. Os dois golos? Foi o Marega mas podia ter sido outro. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório