Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2018
Tempo
27º
MIN 26º MÁX 29º

Edição

Suspeito do costume resolve frente ao Vitória de Setúbal

Golo de Bas Dost perto do fim vale triunfo e três pontos à equipa orientada por Jorge Jesus. Sadinos foram competentes defensivamente mas a infantilidade de Nuno Pinto deitou tudo por terra.

Suspeito do costume resolve frente ao Vitória de Setúbal
Notícias ao Minuto

22:22 - 11/08/17 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Direto

Análise: O Sporting derrotou, esta sexta-feira, o Vitória de Setúbal (1-0) em Alvalade, num jogo relativo à 2.ª jornada da I Liga. Num jogo intenso mas nem sempre bem jogado, os leões dominaram ao longo dos 90 minutos e só perto do fim é que Bas Dost desbloqueou o nulo que se registou até aos 85 minutos. Na cobrança de uma grande penalidade, cometida infantilmente por Nuno Pinto, o holandês voador não fugiu à responsabilidade e descansou os mais de 42 mil adeptos presentes em Alvalade.

Faltaram ideias para tanta velocidade

O filme da primeira parte lembra aquelas películas que prometem tanto nos primeiros minutos, mas depois o enredo acaba por nos fazer adormecer.

O Sporting entrou bem na partida, com muita verticalidade e velocidade. Podence e Gelson Martins pareciam estar com a corda toda e em dez minutos deixaram os defesas do Vitória de Setúbal completamente às aranhas.

À passagem do minuto sete foi mesmo Podence quem causou maior perigo. Na sequência de uma jogada de insistência dos leões, o jovem avançado atirou com força mas a bola acabou por esbarrar num dos defesas sadinos.

A partir daí foram escassos os lances de perigo. Exceção feita para um remate por cima de Gelson Martins, e para a única ocasião de maior aflição na grande área leonina. Aos 37 minutos, na sequência de um livre indireto, João Amaral 'bombardeou' a bola para o ataque, Rui Patrício complicou e Pedro Pinto não teve pontaria para fazer o primeiro da partida.

O relógio andava, não parava e os adeptos começavam a demonstrar sinais claros de impaciência. O Sporting era dono e senhor do jogo mas tornava-se alarmante a falta de ideias e o sucessivo recurso ao corredor direito, ocupado por Gelson Martins.

Doumbia agitou mas foi Bas Dost quem resolveu

A segunda metade da partida praticamente começou com uma bomba de Adrien. O capitão do Sporting - um dos jogadores mais inconformados - encheu o pé, e após um desvio na defensiva sadina, a bola só parou na trave da baliza à guarda de Pedro Trigueira.

O Sporting voltava a ter o domínio de jogo mas a falta de ideias também pairava no ar. Por isso mesmo, e insatisfeito com o que se passava dentro de campo, Jorge Jesus fez duas alterações de um assentada só. Bruno César entrou para o lugar do desinpirado Acuña e Doumbia para o lugar de Podence.

As mudanças não demoraram muito tempo para se destacarem com o costa-marfinense a causar perigo por duas ocasiões. Primeiro, através de um remate à meia volta, que passou por cima da trave, e depois de cabeça voltou a ameaçar Pedro Trigueira.

Ainda assim, Jorge Jesus parecia continuar insatisfeito com a falta de rapidez e de criatividade leonina, lançando Bruno Fernandes para o lugar de Adrien.

Os minutos passavam, a ansiedade aumentava e os adeptos do Sporting não escondiam o nervosismo pelo empate registado no marcador.

Aos 75 minutos o irrequieto Doumbia voltava a causar calafrios à defesa do Vitória de Setúbal, após uma tabelinha com Bas Dost. O avançado emprestado pela AS Roma soltou-se bem da marcação, conseguiu deixar Trigueira batido mas a bola passou caprichosamente ao lado do poste mais distante da baliza.

Passados apenas dois minutos, Doumbia voltaria a desperdiçar nova oportunidade clara de golo. Desta feita, através de uma bicicleta que, no entanto, não encontrou o melhor caminho para o golo.

Momento do jogo: A cinco minutos do fim foi mesmo Bas Dost quem resolveu a partida. O avançado holandês que, diga-se a bem da verdade, andou arredado da partida, sofreu uma falta na grande área. Chamado a converter o castigo máximo, Bas Dost fez aquilo que melhor sabe: marcar. Golo para o Sporting e um grande suspiro de alívio em Alvalade.

O golo já no final da partida trouxe alguma justiça ao marcador, uma vez que o Vitória de Setúbal pouco ou nada fez no que a lances de perigo diz respeito. Dois jogos, duas vitórias e Jorge Jesus já assumiu a liderança da I Liga.

Direto

90' - Apito final em Alvalade. O Sporting bate o Vitória de Setúbal pela margem mínima com um golo de Bas Dost nos instantes finais.

86' - GOLOOOOO para o Sporting! Bas Dost não desperdiça da marca dos 11 metros e desbloqueia, por fim, o jogo em Alvalade.

84' - Grande penalidade para o Sporting! Bas Dost cai na grande área e Bas Dost aponta para a marca dos 11 metros.

77' - Nova oportunidade de ouro falhada pelo Sporting! Bruno Fernandes entra na área, remata para a defesa de Trigueira e, na recarga, Doumbia, com um pontapé acrobático, falha o alvo.

69' - Substituições em ambos os conjuntos. José Couceiro lança Gonçalo Paciência para o lugar de Edinho. Jorge Jesus tira Adrien, lança Bruno Fernandes e esgota as alterações.

66' - Novo momento de perigo na área sadina! Doumbia, recém-entrado, recebeu um passe na grande área e rematou de primeira. A bola sai, no entanto, ao lado.

64' - Primeiras substituições no jogo. Bruno César e Seydou Doumbia entram para o lugar de Marcos Acuña e Daniel Podence.

63' - Grande momento de Mathieu! O internacional francês, com um pontapé acrobático, atira a bola forte, mas à figura de Trigueira.

48' - Novo lance polémico na área do Vitória de Setúbal. Battaglia tirou um adversário da frente e rematou a baliza, mas o esférico acerta em Tomás Podstawski. Os jogadores do Sporting protestaram veementemente, mas Bruno Paixão nada marcou.

47' - Quase o primeiro golo da partida! Após uma bola mal aliviada pela defesa sadina, Adrien encheu o pé e 'disparou' à baliza. O esférico ainda sofre um desvio e acerta em cheio na barra. Tal como na primeira parte, também a segunda com uma forte entrada leonina.

46' - Bruno Paixão apita para a segunda parte em Alvalade. Acompanhe, aqui, todas as emoções do Sporting-Vitória de Setúbal.

45' - Intervalo no Sporting-Vitória de Setúbal. Tirando uma ou outra ocasião, o Sporting tem sempre conseguido remeter o Vitória de Setúbal ao seu próprio meio-campo. Faltam, no entanto, reais oportunidades de golo para a equipa orientada por Jorge Jesus.

42' - Primeiro cartão amarelo do jogo, para João Teixeira. O médio português entrou com maior dureza sobre Battaglia e foi admoestado por Bruno Paixão.

38'Má saída à bola de Rui Patrício causou calafrios em Alvalade. Após pontapé-livre marcado por João Amaral, o guarda-redes tentou sair à bola, mas acabou por perder a noção do espaço. Pedro Pinto aproveitou para rematar, mas o internacional português ainda conseguiu defender.

33' - Pede-se grande penalidade na grande área do Vitória de Setúbal. Sebastián Coates cai na grande área, após ser empurrado por Frederico Venâncio. Bruno Paixão nada marcou.

30' - São precisas, urgentemente, ideias em Alvalade. O Sporting domina a partida a seu bel-prazer, mas com uma gritante falta de imaginação. Os leões tentam ganhar a linha e cruzam para a cabeça de Bas Dost. No entanto, no ar, a defesa do Vitória do Setúbal tem sido imperial. Siga as principais ocasiões do jogo, aqui.

15' - Primeiros quarto de hora de jogo é totalmente do Sporting. Principalmente através da ala direita, ora com Daniel Podence, ora com Gelson Martins, os leões têm conseguido causar dores de cabeça à defesa do Vitória de Setúbal. No entanto, a insistência nos cruzamentos para Bas Dost vão 'matando' algumas potenciais jogadas de maior perigo.

7' - Primeira oportunidade do jogo é para o Sporting! Jogada de insistência na área sadina e, após alguma confusão, a bola acaba nos pés de Daniel Podence, que atira contra um adversário.

5' - Entrada forte do Sporting na partida. Principalmente através da velocidade e criatividade de Daniel Podence, os leões assentaram os primeiros minutos de jogo no meio-campo sadino.

0'- Apito inicial no Sporting-Vitória de Setúbal. Acompanhe as principais incidências do encontro inaugural da 2.ª jornada da I Liga, aqui.

Onze do Sporting: Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu, Jonathan Silva; Battaglia, Adrien, Gelson, Acuña; Podence e Bas Dost.

Onze do Vitória de Setúbal: Trigueira; Arnold, Venâncio, Pedro Pinto, Nuno Pinto; Costinha, Pedrosa, Podstawski, João Teixeira; João Amaral e Edinho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.