Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Francisco J. Marques acusa Benfica de "crime informático" no caso Jesus

Diretor de comunicação e de informação do FC Porto, Francisco J. Marques, revelou novos emails esta terça-feira.

Francisco J. Marques acusa Benfica de "crime informático" no caso Jesus
Notícias ao Minuto

09:53 - 09/08/17 por Notícias Ao Minuto

Desporto Polémica

Francisco J. Marques já tinha deixado no ar uma suposta situação que envolvia o Benfica e o computador de Jorge Jesus. Na noite de terça-feira, durante o programa Universo Porto, emitido no Porto Canal, o diretor de comunicação e informação do FC Porto acusou Domingos Soares de Oliveira de ter sugerido a prática de um "crime informático". 

O dirigente portista foi mais longe nas acusações e revelou ainda uma nova troca de emails entre administrador financeiro das águias e dois advogados. 

Francisco J. Marques apresentou os referidos documentos que, segundo o próprio, foram enviados no dia 16 de dezembro de 2015. 

"'Caríssimos doutores João Correia e José Luís Seixas, li a vossa réplica, que saboreei até ao último parágrafo. Relativamente à possibilidade de incluirmos outras testemunhas, vejo com dificuldade termos mais elementos. Creio que o Manuel Goto confirmou ter participado no almoço que juntou Jorge Jesus e Eduardo Barroso, onde foram debatidos diversos temas. Estiveram presentes também o advogado dele - o careca -, e aquele 'lagarto' do Sol, o qual não me lembro o nome. Penso que foi por aí que o Bruno de Carvalho chegou ao Jorge Jesus. Será que vale a pena chamar o Goto e o Eduardo Barroso? Relativamente às testemunhas já indicadas, seria bom vossas excelências conversarem com cada uma delas. Questioná-las sobre os factos para verificar os seus respetivos conhecimentos e memórias'", começou por ler o dirigente portista, antes passar a acusação. 

"Está a propor aos advogados a prática de um crime. Não se pode influenciar ou preparar testemunhas... Isso é crime! Estão a preparar-se para cometer um crime... Se depois o cometeram de facto, não sei. Só eles o podem dizer. Mas que Soares de Oliveira sugere avançar, é claro", atirou. 

Em seguida, Francisco J. Marques avança para o "crime informático" que envolverá o computador de Jorge Jesus - treinador que deixou o Benfica para rumar ao Sporting no verão de 2015 - tornando pública mais uma troca de emails entre os responsáveis das águias. 

"Recordo ainda que temos o famoso interveniente que imprimiu em julho os documentos do Jorge Jesus para o Bruno de Carvalho, que só devemos utilizar em última instância. Quanto ao computador do Jorge Jesus, por acaso já se lembraram de que o mesmo seja analisado pelo nosso pessoal técnico? Um abraço", leu, atirando de seguida a resposta de Paulo Gonçalves. 

"'Não me posso pronunciar sobre a réplica, porque não a recebi. Em relação a qualquer análise feita por terceiros ao computador do Jorge Jesus, já dei a minha opinião ao doutor João Correia. Nunca se sabe o que esse louco ali mete. Desde contactos a jogadores de outros clubes ou opiniões e contactos relacionados à arbitragem. Por isso, o risco é elevado'", finalizou. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório