Meteorologia

  • 30 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 20º MÁX 31º

Edição

FC Porto reage à decisão do CJ: "Uma derrota para os pseudo-justiceiros"

Na newsletter Dragões Diário, o FC Porto comentou a decisão do Conselho de Justiça tornada pública este sábado.

FC Porto reage à decisão do CJ: "Uma derrota para os pseudo-justiceiros"

O Conselho de Justiça (CJ) deu razão a Pinto da Costa e ao seu recurso apresentado, retirando-lhe assim a multa de dois 10 mil euros e suspensão de dois anos, aplicada em 2008. Além disto, a decisão de retirar seis pontos à equipa, referentes à temporada 2007/08 também foi anulada, tal como a multa que de 150 mil euros.

Está assim terminado o processo Apito Final e o FC Porto já reagiu: "A justiça tarda, mas por vezes chega mesmo”.

“A decisão que hoje conhecemos é uma derrota para todos os pseudo-justiceiros que, à margem da legalidade, mas sobretudo da decência, procuraram denegrir a imagem do FC Porto e de todos os que o servem, colocando em causa o mérito desportivo da única equipa que, ao longo dos últimos 50 anos, teve capacidade para prestigiar o futebol português através da conquista de títulos internacionais", escreveu o FC Porto na sua newsletter Dragões Diário.

“Este acórdão do CJ da FPF desfere um golpe certeiro e decisivo na fundamentação jurídica que artificialmente construiu para tornar o seu exercício de funções na Comissão Disciplinar da Liga uma extensão do seu fanatismo clubístico", lê-se ainda.

Os dragões quiserem ainda deixar uma mensagem a Jesualdo Ferreira, que treinou a equipa em 2007/08.

"Jesualdo Ferreira teve o mérito de liderar o grupo do FC Porto que, em 2007/08, se tornou o campeão com a maior vantagem sobre o segundo classificado da história da Liga portuguesa: 20 pontos (mais tarde, André Villas-Boas bateria esse recorde por um ponto). Durante quase dez anos, essa supremacia conquistada no campo, na luta contra os adversários e contra quem sempre tentou prejudicar o FC Porto, foi formalmente reduzida a 14 pontos. A decisão do CJ da FPF repõe a verdade desportiva, e por isso felicitamos o mister Jesualdo. Não por ter ganho, agora, 6 pontos – porque esses disputou-os e venceu-os nos relvados –, mas por, finalmente, lhe ser devolvido aquilo que lhe foi roubado, honrando o mérito de uma das melhores equipas da história do futebol português”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório