"Se os jogadores não se sentissem cansados, seriam super-homens"

Técnico português relembra a quantidade de jogos que a equipa já fez esta temporada.

© Getty Images
Desporto Leonardo Jardim

Leonardo Jardim disse não ter super-homens na sua equipa e que o empate frente ao Dijon (1-1) alcançado na terca-feira é fruto do cansaço. O técnico português, durante a conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Bastia, afirmou estar confiante e disse que a equipa vai responder à altura. 

PUB

"Frente ao Dijon, a equipa fez tudo para continuar com esta série de bons resultados, mas não foi possível. Continuamos nos primeiros três lugares do campeonato. Não perdemos intensidade; sofrer um golo no final é o futebol, também já fomos felizes, como frente ao CSKA. Com todos os jogos que andamos a realizar, se os jogadores não se sentissem cansados... então seriam super-homens", afirmou o técnico de 42 anos.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS