"Podia ter sido o dia em que os meus filhos acordariam sem pai"

Marcelo Boeck deixou especial mensagem de agradecimento aos adeptos do Sporting.

© Global Imagens
Desporto Marcelo Boeck

Marcelo Boeck foi um dos felizardos que escaparam à trágica queda do avião que transportava a equipa do Chapecoense para a Colômbia, onde iria disputar a final da Taça Sul-Americana, com o Atlético Nacional.

PUB

O guarda-redes cedido pelo Sporting recorreu, esta quarta-feira, às redes sociais para “agradecer as milhares de mensagens de carinho, de apoio, de consolo nesse momento tão difícil”: “Não podia esperar menos de adeptos e do grande Sporting Clube de Portugal!”.

“Ontem poderia ter sido o primeiro dia que meus filhos acordariam sem o seu pai para sempre. Como é triste saber que as famílias dos meus companheiros vão passar por isso, mulheres sem maridos, filhos sem pais”, termina o guarda-redes brasileiro”.

Queria agradecer as milhares de mensagens de carinho, de apoio, de consolo nesse momento tão difícil. Vindas de todos os lugares e em especial de Portugal!!! E não podia esperar menos de adeptos e do grande SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, por essa linda homenagem!!! Tudo que fazemos agora parece pouco perto de uma vida que se foi, mas tudo e valido. Que possamos amar mais os nossos, beijar mais, respeitar mais, conversar mais, abraçar mais! Ontem poderia ter sido o primeiro dia que meus filhos acordariam sem o seu pai para sempre. Como e triste saber que as famílias dos meus companheiros vão passar por isso, mulheres sem maridos, filhos sem pais!!! Valorize mais nossas famílias!!! Grande abraço

Uma foto publicada por Marcelo Boeck (@marceloboeck1) a Nov 30, 2016 às 3:24 PST

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS