Vice-presidente do Chapecoense: "É muito duro, é uma grande tragédia"

O dirigente do clube catarinense reagiu à SporTV Brasil ao acidente que vitimou 76 pessoas.

© Reuters
Desporto Ivan Tozzo

Ivan Tozzo, vice-presidente da Chapecoense, falou esta terça-feira de manhã aos jornalistas da SportTV sobre a tragédia que vitimou 76 pessoas.

PUB

O dirigente afirmou que este é um momento “muito duro”, reconhecendo que é uma “situação inacreditável”.

“Estou muito triste por receber as notícias que saíram esta manhã. Foi completamente inesperado. Estamos reunidos no estádio, a receber as pessoas que foram afetadas e as pessoas que seguem o Chapecoense. É uma situação inacreditável”, começou por referir.

“Estamos apenas à espera, toda a gente a pôr a nossa fé em Deus de que as coisas podem correr bem. Esta dor é muito difícil de aceitar”, continuou Tozzo.

“Estou no clube há muito tempo e sei o que tivemos de passar para chegar aqui. Agora que chegámos, não vou dizer que estávamos no pico, mas já éramos conhecidos, acontece esta tragédia. É muito duro, é uma grande tragédia”, finaliza.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS