Jorge Jesus reage a morte do amigo Caio Júnior, treinador da Chapecoense

O técnico do Sporting mantinha amizade com o técnico do clube brasileiro.

© Global Imagens
Desporto Treinadores

O dia amanheceu esta terça-feira com perspetiva de uma grande tragédia. Um avião que transportava a equipa do Chapecoense despenhou no seu trajeto para a Colômbia. Do acidente houve a lamentar várias vítimas.

PUB

Conhecida o possível falecimento de Caio Júnior, Jorge Jesus, técnico do Sporting e que mantinha amizade com o seu homónimo brasileiro, declarou-se abalado com as notícias sobre um “grande amigo”.

"Fez estágios em Portugal e estive várias vezes com ele no Brasil. É uma tragédia e está a ser uma situação muito complicada no Brasil. Já falei com vários amigos lá. Neste momento só podemos acreditar e rezar", sublinhou o técnico luso em declarações à Sporting TV.

Relembre-se que que Júnior vestiu, enquanto jogador, as cores do Vitória Guimarães, Estrela da Amadora e Belenenses.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS